boletim

Pernambuco confirma 246 casos de coronavírus e 31 óbitos nas últimas 24 horas

É o menor número confirmado em 24 horas desde o dia 5 de maio

Bruna Oliveira
Bruna Oliveira
Publicado em 15/06/2020 às 12:10
Notícia
ANDREW THEODORAKIS/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP
Pernambuco tem mais de 68 mil casos de casos de coronavírus - FOTO: ANDREW THEODORAKIS/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP
Leitura:

Após iniciar a quarta fase do plano de reabertura econômica nesta segunda-feira (15), Pernambuco confirmou mais 246 casos de coronavírus. É o menor número confirmado em 24 horas desde o dia 5 de maio. No dia 4 de maio, o Estado confirmou 220 casos. Também foram confirmadas 31 mortes em decorrência da covid-19. Com esses números, agora Pernambuco totaliza 45.507 pessoas infectadas pelo vírus, desde o início da pandemia, e 3.886 óbitos.

>> IgG, IgM, RT-PCR e teste rápido: conheça as diferenças entre os exames para coronavírus

De acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), dos novos casos confirmados nessa segunda, 143 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 103 como leves. Já com relação ao total de casos, 17.246 são graves e 28.261 leves.

O boletim também registrou 28.894 pessoas curadas da covid-19 no Estado. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

>> População passa sufoco em ônibus e metrô no Grande Recife em dia de reabertura mais ampla da economia

>> Com reabertura mais ampla, Pernambuco terá prova de fogo para estabilização do coronavírus

Nova fase de reabertura econômica

Nesta segunda-feira, cem dos 185 municípios de Pernambuco entram na quarta fase do Plano de Convivência das Atividades Econômicas que estavam paralisadas por conta da pandemia do novo coronavírus. Nesta etapa, podem funcionar lojas de varejo com até 200 m²; serviços de venda, locação e vistoria de veículos com 50% dos funcionários; salões de beleza e serviços de estética e treinos de futebol profissional. O plano da reabertura gradual da economia foi anunciado pelo governo no dia 1° de junho de 2020, 82 dias após a confirmação dos dois primeiros casos da covid-19.

Segundo o governo estadual, ficam de fora da nova etapa 85 municípios do Agreste e das Zonas da Mata Sul e Norte porque as cidades das regiões de Palmares, Goiana, Caruaru e Garanhuns não mostraram tendência de queda no número de novos casos e apresentaram aumento na demanda por leitos de terapia intensiva. Além dos serviços essenciais, como farmácias e supermercados. Já estavam funcionando lojas de construção, comércio atacadista e drive-thru nos shoppings. O setor de construção civil também foi liberado. Todos com protocolos específicos de higiene.

Comentários

Últimas notícias