CORONAVÍRUS

Pernambuco chega a 85% de ocupação em leitos de UTI para covid

Aumento do número de casos da covid tem sobrecarregado os leitos no Estado

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 01/12/2020 às 19:10
Notícia

ANDRÉA RÊGO BARROS/DIVULGAÇÃO
Leitos de enfermaria estão com taxa de 69% - FOTO: ANDRÉA RÊGO BARROS/DIVULGAÇÃO
Leitura:

Pernambuco alcançou nesta terça-feira (1º) a taxa de 85% de ocupação em leitos de UTI destinados a pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) relacionados ao novo coronavírus (covid-19). Das 1.635 vagas existentes na rede para pacientes com a covid, 829, mais da metade, são de UTI. Nos leitos de enfermaria, que somam 806 vagas, a ocupação nesta terça era de 69%, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES). 

>> Pernambuco confirma nesta terça (1º) mais 1.853 novos casos da covid-19 e 19 óbitos

>> Teste de covid-19 feito pela saliva e desenvolvido pela USP já está disponível

>> Com repique de casos de covid-19 e 84% na ocupação de UTIs, Pernambuco apela para prorrogação do custeio de leitos

O aumento da ocupação nos leitos de UTI fez com que o Estado procurasse recursos junto ao governo federal para custeio e manutenção de 317 novas vagas. O anúncio foi feito pelo Ministério da Saúde (MS), que informou investimento de R$ 15,2 milhões para nove municípios pernambucanos: Recife, Cabo de Santo Agostinho, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Caruaru, Garanhuns, Araripina, Arcoverde e Serra Talhada. A SES ainda não detalhou como ou por quanto tempo os recursos serão utilizados. 

Nesta terça-feira, foram registrados mais 1.853 novos casos da doença, sendo 42 casos graves de Srag. Agora Pernambuco totaliza 184.259 casos confirmados da doença, sendo 28.055 graves e 156.204 leves. O último boletim divulgado pela SES também informa 19 novos óbitos, de 12 homens e 7 mulheres, registrados entre os dias 30 de outubro e 29 de novembro.  Com isso, o Estado totaliza 9.056 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 45 e 91 anos e 16 deles apresentavam comorbidades, como doença cardiovascular, diabetes, hipertensão, tabagismo/histórico de tabagismo, etilismo/histórico de etilismo, doença renal, câncer, doença respiratória, doença de Alzheimer e histórico de AVC. Os demais estão em investigação, de acordo com a SES. 

Covid em crianças

No boletim desta terça-feira, a SES ainda informou a confirmação de mais um caso da Síndrome Inflamatória Multissistêmica (SIM-P), que acomete crianças. A paciente tem sete anos e mora no município de Paulista, no Grande Recife. Ela apresentou os sintomas da covid-19 no início da segunda quinzena de novembro e teve resultado positivo para o novo coronavírus. De acordo com a SES, a criança está internada em um leito de enfermaria e o quadro é estável. Com o novo registro, Pernambuco tem agora 25 casos da SIM-P. Duas crianças vieram a óbito em decorrência da síndrome no Estado. 

Comentários

Últimas notícias