VACINA

Recife dá início à vacinação para trabalhadores da saúde entre 55 e 59 anos

A ampliação acontece após o recebimento, do Ministério da Saúde, de 23.650 novas doses da CoronaVac

JC
Cadastrado por
JC
Publicado em 04/03/2021 às 13:45
JAILTON JR./JC IMAGEM
Centro de vacinação no Compaz Ariano Suassuna, no Cordeiro, Zona Oeste do Recife - FOTO: JAILTON JR./JC IMAGEM
Leitura:

Com informações da repórter Mônica Ermírio, da TV Jornal

Começou nesta quinta-feira (4) a vacinação contra a covid-19 para o grupo de trabalhadores da saúde ativos entre 55 e 59 anos no Recife. Para receber o imunizante, é necessário realizar cadastro no site ou pelo aplicativo do Conecta Recife e apresentar documentos que comprovem o ofício.

"Precisam trazer uma declaração, no modelo da Secretaria de Saúde. A instituição onde ele trabalha assina, e ele traz a declaração original no ato da imunização. Além disso, é importante um documento de identificação para comprovação da idade", explicou a secretária executiva de gestão do trabalho e educação na saúde do Recife, Andreza Barkokebas.

A ampliação acontece após o recebimento, do Ministério da Saúde, de 23.650 novas doses da CoronaVac, imunizante desenvolvido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Até agora, o Recife já aplicou mais de 111 mil doses da vacina. Desse total, 18.876 pessoas já receberam a segunda dose.

O médico Guilherme da Fonte é uma dessas pessoas. Nesta quinta, ele esteve no Centro Comunitário da Paz Ariano Suassuna, no Cordeiro, Zona Oeste do Recife, para tomar a segunda dose do imunizante. Um alívio para quem atendeu, durante toda a pandemia, pacientes com sintomas da covid-19.

"Cada um deses aqui que está tomando a primeira ou segunda dose da vacina deve estar com uma sensação muito boa. Ainda não estamos totalmente livres, temos que tomar os cuidados, mas já nos sentimos mais seguros.

As doses são aplicadas em 15 diferentes pontos na capital pernambucana, sendo sete fixo, e nove no formato drive-thru, em que a pessoa não precisa descer do carro para receber a vacina.

Comentários

Últimas notícias