PANDEMIA

Covid-19: Pernambuco confirma mais 64 casos de SRAG; total de casos desta terça é de 1.330

Até esta terça, Pernambuco confirmou 301.434 casos confirmados da doença, sendo 32.563 graves e 268.871 leves

Danielle Santana
Danielle Santana
Publicado em 02/03/2021 às 16:01
Notícia

ROVENA ROSA/AGÊNCIA BRASIL
Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) costumam demandar por internação hospitalar - FOTO: ROVENA ROSA/AGÊNCIA BRASIL
Leitura:

Enfrentando novas medidas restritivas, Pernambuco registrou novos 1.330 casos de covid-19 nesta terça-feira (2). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), 64 (5%) dos casos confirmados são de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que costumam demandar por internação hospitalar e pressionam ainda mais o sistema de saúde do Estado. Os outros 1.266 (95%) registros são de casos considerados leves. Até esta terça, Pernambuco confirmou 301.434 casos confirmados da doença, sendo 32.563 graves e 268.871 leves.

O último balanço, divulgado pela SES-PE nesta segunda-feira (1º), apontou que a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da rede pública do Estado por pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) chegou ao patamar de 93%. Na rede privada, a taxa de ocupação dos 305 leitos de UTI era de 89%.

Com relação a média móvel, indicador calculado pela soma de registros da última semana dividido por sete, a queda no número de casos foi de 15% nesta terça, o que indica estabilidade nos registros. É considerada tendência de alta ou queda quando a variação é superior a 15%, para baixo ou para cima. Levando em consideração os casos confirmados nos últimos sete dias, Pernambuco está registrando 1.217 novas infecções por dia.

Mortes

A Secretaria de Saúde também confirmou novas 23 mortes. De acordo com a pasta, os óbitos ocorreram entre os dias 24 de dezembro de 2020 e 1º de março. Assim, o Estado já perdeu 11.030 vidas para a doença. Nesta terça, a média de mortes está em 20, o que representa uma queda de 14% quando comparado ao número de duas semanas atrás. Os detalhes epidemiológicos serão repassados ao longo do dia pela Secretaria Estadual de Saúde.

 

Comentários

Últimas notícias