COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Vacina contra gripe: Pernambuco recebe 338.400 doses para iniciar campanha nesta segunda-feira

A campanha de vacinação contra gripe coincidirá com a realização da imunização contra a covid-19

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 08/04/2021 às 17:53
Notícia
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Mobilização começa com imunização de crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, informou que já chegaram doses de vacina contra influenza, cuja campanha de imunização se inicia nesta segunda-feira (12). "Vamos começar vacinando crianças, gestantes e puérpuras (mulheres com até 45 dias após o parto). Precisamos proteger esses grupos mais vulneráveis para controle dos vírus da gripe, a fim de diminuir o número de casos de doenças respiratórias", disse Longo, em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (8). Até o momento, Pernambuco já recebeu 338.400 doses de vacina contra influenza.

..

A meta é vacinar pelo menos 90% dos grupos prioritários. A ação vai até 9 de julho, com o objetivo de prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos, internações e a sobrecarga nos serviços de saúde. No Estado, a estimativa é imunizar 3.516.301 pessoas - 600 mil a mais, em média, do que a previsão do ano passado. 

Nesta mobilização, serão imunizadas crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos a partir de 60 anos, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, forças de segurança e salvamento, forças armadas, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas e população privada de liberdade.

A campanha contra gripe coincidirá com a realização da vacinação contra a covid-19. As pessoas que fazem parte do grupo prioritário para a imunização contra gripe e que ainda não foram vacinadas contra a covid-19 devem, segundo o Ministério da Saúde, ter priorizada a dose contra o novo coronavírus e agendada a vacina contra a gripe, respeitando um intervalo mínimo de 14 dias entre elas.

Comentários

Últimas notícias