COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Samu Recife segue num platô elevado de envio de ambulâncias para pacientes com sintomas de covid-19

Ao considerar o encaminhamento de veículos para quadros sugestivos de covid-19, o Samu Recife mantém média móvel alta

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 31/05/2021 às 16:22
Notícia
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
No sábado (29), o Samu socorreu 45 pessoas com sintomas de covid-19 - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Metropolitano do Recife permanece numa estabilidade elevada no envio de ambulâncias por síndrome respiratória aguda grave (srag), condição considerada suspeita de covid-19. Ao considerar o encaminhamento de veículos para quadros sugestivos da infecção, o Samu Recife manteve, no sábado (29), uma média móvel (últimos sete dias) de 44,9 envios de ambulâncias.

Na última quarta-feira (26), o Samu Recife recebeu 78 chamadas referentes a casos com sintomas da infecção pelo novo coronavírus. Para 53 pacientes, precisou ser enviada ambulância. Na sexta-feira (28), os números foram semelhantes: 76 chamadas e 56 envios de veículos para atender as pessoas com quadro sugestivo da infecção. 

No domingo (30), o Recife confirmou 572 novos casos de covid-19, sendo 547 leves e 25 graves. Também foram confirmadas, laboratorialmente, 11 novas mortes, sendo cinco mulheres e seis homens, ocorridas entre os dias 5 de janeiro e 28 de maio de 2021. Os pacientes que foram a óbito tinham idades entre 48 e 80 anos. Assim, o município totaliza 120.997 casos confirmados da doença, sendo 107.366 leves e 13.631 casos graves. Entre eles, 4.242 evoluíram para óbito. Além disso, o boletim da Secretaria de Saúde do Recife também aponta um total de 114.126 pacientes recuperados da doença.

Comentários

Últimas notícias