COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Recife começa a vacinar todos os grupos prioritários contra gripe

Imunização é feita em 153 unidades da Secretaria de Saúde do Recife ou em postos volantes ofertados pela prefeitura

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 08/06/2021 às 15:36
Notícia
BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Até o momento, foram vacinadas 189.819 pessoas, representando cerca de 45% do público-alvo em vacinação - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

A partir desta quarta-feira (9), todas as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde para a Campanha Nacional Contra a Influenza poderão receber a vacina no Recife. Elas podem procurar uma das 153 unidades da Secretaria de Saúde (Sesau) ou os três postos volantes ofertados pela Prefeitura do Recife. Somando todo o público-alvo, de todas as etapas da campanha, são mais de 510 mil pessoas aptas para serem imunizadas. Até o momento, foram vacinadas 189.819 pessoas, representando cerca de 45% do público-alvo em vacinação. 

Passam a receber a vacina contra gripe, nesta terceira etapa, as pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores dos transportes coletivos rodoviário de passageiros; trabalhadores portuários. Além deles, também serão imunizados os profissionais das Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas; funcionários do Sistema de Privação de Liberdade; população privada de liberdade; e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas. 

Grupos anteriores

É importante destacar que, mesmo com o início de uma nova etapa, as pessoas incluídas nos grupos anteriores podem continuar recebendo a vacina da mesma forma. São elas: crianças de 6 meses a menores de 6 anos; gestantes; puérperas (mulheres que tiveram bebê há até 45 dias); trabalhadores da saúde, idosos (a partir de 60) e professores dos ensinos básico e superior. 

Dos grupos que já estavam sendo vacinados até agora, apenas o das puérperas ultrapassou a meta, chegando a 98,5%. Em seguida, vêm crianças (57%), gestantes (54%), idosos (42%), trabalhadores da saúde (36%) e professores (25%). 

Priorização da vacina contra covid-19

Por recomendação do Ministério da Saúde, a vacina contra a covid-19 deve ser priorizada e, por isso, é indicado que as pessoas dos grupos elegíveis concluam o esquema vacinal contra o novo coronavírus antes de receber a vacina contra influenza. Além disso, deve ser respeitado um intervalo mínimo de 14 dias entre as vacinas contra covid-19 e gripe. 

Onde se vacinar no Recife

A vacina contra gripe é oferecida em 153 unidades da Secretaria de Saúde, de segunda a sexta, entre 8h e 17h, e também em três pontos volantes da cidade: Parque Dona Lindu (Boa Viagem), Sítio Trindade (Casa Amarela) e no Pátio do Carmo (bairro de Santo Antônio). No Dona Lindu e no Sítio Trindade, a vacinação ocorre de domingo a domingo. O ponto montado no Pátio do Carmo funciona de segunda a sábado, já que no domingo este ponto é deslocado para o Marco Zero (Bairro do Recife). Todos os locais têm o mesmo horário de funcionamento, das 8h às 17h.

Documentos

Para agilizar a vacinação, a Secretaria de Saúde do Recife recomenda que as pessoas levem um documento de identificação, a carteira de vacinação e o cartão SUS (se tiverem esses dois últimos). Parte do público-alvo precisa apresentar também documentos que provem a necessidade da imunização. Os profissionais das redes públicas e privadas de saúde, por exemplo, devem levar comprovantes laborais, como crachás ou carteira de trabalho.  

Medidas para evitar infecções respiratórias como gripe e covid-19 

- Lavar as mãos com água e sabão, frequentemente (principalmente antes de consumir algum alimento e após tossir, espirrar ou depois de usar o banheiro);

- Evitar levar as mãos ao rosto (olhos, nariz, boca);

- Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com lenço descartável. Após o uso, descartá-los em lixeiras;

- Na ausência de um lenço, usar o ombro ou antebraço interno como barreira ao tossir ou espirrar;

- Não compartilhar alimentos, copos, garrafas, toalhas e objetos de uso pessoal;

- Manter os ambientes ventilados, com portas e janelas abertas, para favorecer a circulação de ar;

- Pessoas com gripe/resfriado devem evitar sair de casa, sobretudo para ambientes fechados e com aglomerações, assim como devem evitar ter contato direto com outras pessoas (abraço, beijo, apertos de mão etc);

- Não usar medicamentos sem orientação médica. A automedicação pode ser prejudicial à saúde;

- Adotar hábitos saudáveis, como alimentação balanceada e ingestão de líquidos

 

Comentários

Últimas notícias