PLANO DE CONVIVÊNCIA

Após nova flexibilização, veja o que pode e o que não pode a partir desta segunda (2) em Pernambuco

O decreto que oficializou as novas normas foi publicado na sexta-feira (30) no Diário Oficial do Estado

Marcelo Aprígio
Marcelo Aprígio
Publicado em 02/08/2021 às 7:25
Notícia
Felipe Ribeiro / JC Imagem
Estado tem mais um fim de semana de flexibilização - FOTO: Felipe Ribeiro / JC Imagem
Leitura:

A partir desta segunda-feira (2), Pernambuco entra em uma nova fase do Plano de Convivência com a Covid-19. Assim, bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e similares poderão fechar as portas ainda mais tarde, à meia-noite. Quem também ganha um novo horário são as atividades esportivas coletivas e individuais e os clubes sociais. O decreto que oficializou as novas normas foi publicado na sexta-feira (30) no Diário Oficial do Estado.

Já os eventos corporativos, que continuam com permissão de funcionamento até às 23h, poderão ser realizados para um público de até 200 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor. As colações de grau, aulas da saudade, cultos ecumênicos, cinemas, teatros e circos também poderão ampliar a capacidade para 300 pessoas, ou 50% do local, o que for menor. Além disso, cinemas e teatros, especificamente, poderão funcionar até a meia-noite, durante todos os dias, a partir desta semana.

Comportamento preventivo

Durante a coletiva que anunciou as medidas, na semana passada, a secretária-executiva de Desenvolvimento Econômico, Ana Paula Vilaça, aproveitou para pedir mais conscientização da sociedade, neste momento de flexibilizações das atividades econômicas, e respeito dos frequentadores aos protocolos de saúde. "Por conta de relatos sobre casos de desrespeito aos protocolos nos bares e restaurantes, principalmente após a liberação da música ao vivo, faço um pedido para que todos se conscientizem, pois ainda não vencemos a guerra e os números da pandemia podem voltar a piorar", afirmou a secretária-executiva, reforçando que, apesar das medidas de flexibilização, os cuidados devem ser mantidos.

O secretário de Saúde, André Longo, complementou o aviso sobre a necessidade de a sociedade não deixar de lado um comportamento preventivo. "Apesar de estarmos dando passos à frente, os indicadores positivos ainda não nos permitem abdicar do cuidado. Esses indicadores são frutos de um esforço muito grande de toda a sociedade, que não podemos colocar em risco. Por isso, o uso correto da máscara, o distanciamento físico e os protocolos setoriais são o caminho para continuarmos avançando rumo a uma normalidade possível", disse.

Imunização

Sobre a vacinação, foi feito um chamado à população sobre a importância de finalização do esquema vacinal contra a covid-19. "Com a primeira dose, nosso sistema de defesa começa a produzir os anticorpos, mas é na segunda dose que a resposta imunológica acontece de forma mais intensa, aumentando a eficácia e a tornando mais duradoura. Assim, as pessoas que não completam o esquema vacinal correm maior risco de contágio e, principalmente, de agravamento do quadro", ressaltou Longo.

Veja as novas regras

Academias

50% da utilização dos aparelhos de cardio
Horário das 5h às 23h nos dias de semana e das 5h às 22h nos finais de semana e feriados

Atividades esportivas coletivas e individuais

Horário até a meia-noite
100 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Jogos de futebol profissional em estádios - sem público

Bares, restaurantes, lanchonetes e lojas de conveniência

50% da capacidade do local
Horário até a meia-noite
Música ao vivo, com restrição de até três músicos e sem dancing

Shoppings centers e galerias comerciais

1 cliente a cada 5m² para área interna das lojas e 1 cliente a cada 10m² nas áreas de circulação
Horário até 22h todos os dias

Bares e restaurantes dos shoppings podem funcionar até a meia-noite

Clubes sociais

Horário até a meia-noite

Proibido saunas

Colação de grau, aula da saudade e culto ecumênico

300 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Horário até a meia-noite
Proibido alimentos, bebidas e música ao vivo

Cinema, teatro e circo

300 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Horário até a meia-noite

Museus e demais equipamentos culturais

1 visitante a cada 20m² nas áreas expositivas internas e 1 visitante a cada 10m² nas áreas expositivas externas
Horário de 9h às 22h todos os dias

Eventos corporativos

200 pessoas ou 50% da capacidade do local, o que for menor
Proibido música ao vivo
Horário até as 23h todos os dias

Eventos culturais

Permanecem vedados

Comentários

Últimas notícias