COLUNA JC SAÚDE E BEM-ESTAR

Dia Mundial da Saúde Mental: 71% dos brasileiros acreditam que cuidar do emocional é tão necessário quanto tratar do corpo

Nesta volta gradual às atividades, levantamento mostra que duas grandes preocupações dos brasileiros são os quilos extras adquiridos e o impacto do isolamento na saúde mental

Cinthya Leite
Cinthya Leite
Publicado em 10/10/2021 às 11:05
Notícia
FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
Neste momento da pandemia, duas grandes preocupações dos brasileiros são os quilos extras adquiridos e o impacto do isolamento na saúde mental - FOTO: FREEPIK/BANCO DE IMAGENS
Leitura:

Neste Dia Mundial da Saúde Mental, 10 de outubro, um estudo realizado pela WW Brasil, antigo Vigilantes do Peso, revela que os brasileiros estão mais preocupados do que nunca com sua saúde. Dos entrevistados, 71% das pessoas acreditam que o cuidado mental é tão necessário quanto o cuidado do corpo. O estudo foi realizado entre os meses de maio e junho de 2021, com pessoas entre 18 e 70 anos.

Leia também: 

"Obeso acolhido": livro traz histórias de situações constrangedoras vividas por pessoas com excesso de peso

Obesidade aumenta risco de covid-19 grave, mesmo na ausência de outras doenças

Conheça duas formas de tratar as rugas do sono, aquelas influenciadas pela posição de dormir

Segundo a pesquisa, 29% dos entrevistados declaram que sua saúde como um todo é mais importante que a perda de peso e que uma visão equilibrada é extremamente relevante. "Um dos grandes tabus relacionados à vida saudável é que você precisa ser magro para ser saudável, o que nem sempre é verdade. Levar uma vida saudável é a junção de um sono de qualidade, saúde mental, exercícios físicos e alimentação balanceada. Quando balanceamos esses aspectos em nossas vidas, a manutenção do peso vem naturalmente", diz o responsável pelo programa WW no Brasil, Matheus Motta.

O estudo mostrou também que 26% das pessoas acreditam que não conseguem gerar mudanças sem apoio de outra pessoa. "A busca por uma vida saudável é um tema sempre em alta na vida dos brasileiros. O importante é compreendermos a importância em buscar profissionais que te auxiliam nesse caminho, e evitar seguir dietas extremas que muitas vezes não oferecem os nutrientes necessários que o corpo precisa para se manter funcional", completa Motta.

Com o longo período de inatividade física e home office, na volta gradual às atividades em todo o País, duas grandes preocupações dos brasileiros são os quilos extras adquiridos e o impacto do isolamento na saúde mental. "A pandemia foi a pior fase que eu enfrentei. Antes eu fazia exercícios e tentava manter uma alimentação saudável mas, com tudo isso, eu acabei ganhando peso, desenvolvi hipertensão e me sentia muito mal comigo. Escolhi entrar para o programa da WW e já emagreci 13 quilos; tem sido um processo maravilhoso. Eles incentivam atividade física no nosso tempo e, com o passar do processo, nós ficamos em paz com o nosso corpo e a nossa mente", conta Nadya Rollo, que usa o aplicativo da WW Brasil.

Comentários

Últimas notícias