SAÚDE

Pernambuco vive "epidemia de H3N2" e "pandemia de covid-19". Qual a diferença?

Todas as classificações de transmissão têm a mesma origem, o que muda é a escala da disseminação da doença

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 30/12/2021 às 11:48
PIXABAY
Uso de máscara é recomendado para diminuir riscos de infecção por doenças respiratórias - FOTO: PIXABAY
Leitura:

Pernambuco precisa, agora, frear a disseminação de mais uma doença respiratória. A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) confirmou nesta quinta-feira (30) que o Estado já vive uma "epidemia" da influenza subtipo A (H3N2), enquanto, há um ano e nove meses batalha contra a "pandemia" da covid-19 como o resto do mundo. Mas você sabe qual é diferença entre estas categorias?

Além dessas duas, ainda há "surto" e "endemia". Todas, entretanto, têm a mesma origem, o que muda é a escala da disseminação da doença. Assim, um surto ocorre quando há aumento localizado do número de casos de uma doença. “É possível ocorrer um surto de uma doença até dentro de um hospital, causado, por exemplo, por uma infecção hospitalar", explica a diretora do Laboratório de Virologia do Instituto Butantan, Viviane Fongaro Botosso.

Uma epidemia, por sua vez, se dá quando ocorre um aumento no número de casos de uma doença em diversas regiões, estados ou cidades, porém sem atingir níveis globais - como acontecendo com a H3N2 em Pernambuco. 

Segundo o secretário André Longo, a doença já foi identificada em diversas macrorregiões do Estado, com concentração na Região Metropolitana do Recife. "A H3N2 está concentrada na 1ª macrorregião de saúde, mas já a identificamos em praticamente todas as macrorregiões", afirmou em coletiva de imprensa.

Uma endemia ocorre quando a doença é recorrente na região, mas não há um aumento significativo no número de casos e a população convive com ela. A dengue tem caráter endêmico no Brasil, porque ocorre durante o verão em certas regiões.

Assim, uma enfermidade se torna uma pandemia quando atinge níveis mundiais, ou seja, quando determinado agente se dissemina em diversos países ou continentes, usualmente afetando um grande número de pessoas, como acontece com a covid-19. Quem define quando uma doença se torna esse tipo de ameaça global é a Organização Mundial da Saúde (OMS)

Comentários

Últimas notícias