AVIAÇÃO

Azul estreará voos do Recife para Congonhas (SP) e retomará os de Natal e Aracaju

Novas frequências estarão disponíveis a partir de 15 de junho. Em todo o País, a empresa passará de 115 para 160 voos diários

Mona Lisa Dourado
Mona Lisa Dourado
Publicado em 20/05/2020 às 6:00
Notícia
ACERVO/JC IMAGEM
Companhia terá seis frequências semanais entre Recife e Congonhas - FOTO: ACERVO/JC IMAGEM
Leitura:

Conteúdo atualizado às 20h do dia 20 de maio de 2020

As principais companhias aéreas do Brasil começaram a reformular suas malhas para o próximo mês, apostando num aumento gradual do número de voos e até na abertura de novas rotas. É o caso da Azul, que estreia em 15 de junho frequências inéditas a partir do hub do Recife para o aeroporto de Congonhas, na capital paulista, além de retomar as rotas para Natal e Aracaju, conforme informação obtida com exclusividade pela coluna na terça-feira (19).

Para São Paulo, as aeronaves partirão da capital pernambucana seis dias por semana (a exceção é o sábado), às 17h45, com chegada às 21h05. No sentido Congonhas-Recife, também são seis frequências semanais, exceto aos domingos, com decolagem às 8h25 e aterrissagem às 11h30. Os passageiros voarão em modelos Embraer ATR 195, com 118 assentos e TV ao vivo.

Para a semana de estreia, são encontrados bilhetes de ida e volta a partir de R$ 600. 

DIVULGAÇÃO
Nova rota da Azul do Recife para Congonhas - DIVULGAÇÃO

>> Companhias aéreas exigirão uso de máscaras a bordo para proteção contra o coronavírus

>> Turismo em Pernambuco acumula prejuízo de R$ 1,78 bilhão desde início da pandemia do coronavírus

>> O turismo e a criatividade como ferramentas de desenvolvimento pós-coronavírus

>> MP libera R$ 5 bilhões para o Turismo via Fungetur

No momento em que a abertura da economia começar a ocorrer e as viagens forem retomadas, essa nova ligação significará um diferencial competitivo para a companhia e proporcionará ganho valioso de tempo aos clientes que precisam voar com regularidade para o principal centro financeiro e maior destino do turismo de negócios do País. Até então, as ligações da Azul partindo de Pernambuco para o Estado de São Paulo eram apenas para Guarulhos e Viracopos, em Campinas. 

Foto: Guga Matos/ Acervo JC Imagem
Malha aérea do País chegou a ser reduzida em 92% por causa da pandemia do novo coronavírus - Foto: Guga Matos/ Acervo JC Imagem

A aérea conquistou mais slots (horários diários de partidas e chegadas) em Congonhas em julho do ano passado, com a redistribuição dos espaços antes ocupados pela Avianca, que teve as operações suspensas no início de 2019. O voo direto do Recife marcará a reabertura do terminal para as operações da companhia.

NORDESTE

No caso de Natal e Aracaju, os voos serão operados por aeronaves modelo ATR 72-600 para até 70 passageiros e ocorrem todos os dias, exceto às terças e quintas, com uma hora e cinco minutos e uma hora e 20 minutos de duração, respectivamente.

As vendas para todas as rotas já estão disponíveis a partir desta quarta-feira (20).

DIVULGAÇÃO
Retomada das rotas da Azul para Natal e Aracaju - DIVULGAÇÃO

Além dos novos destinos e das outras duas bases no Estado de São Paulo, a Azul continuará operando em junho do Recife para Petrolina (três voos semanais), Fortaleza (um diário), Brasília (três semanais), Salvador (um diário), Juazeiro do Norte (quatro semanais) e Belém (um diário, exceto aos sábados).

Em todo o País, a empresa passará de 38 bases em maio para 43 bases em junho e de 115 voos diários, em dias de pico, para 160.

GOL

A Gol também atualizou ontem a sua malha de junho. A partir do dia 10, a aérea retomará os voos entre o Aeroporto Internacional do Recife e o terminal de Congonhas. As saídas ocorrerão todos os dias da semana, exceto aos sábados. Também serão reabertas nessa data as rotas para Brasília (cinco decolagens na semana) e entre Petrolina e Guarulhos (SP), neste caso com três frequências semanais.
Os voos irão se somar aos trajetos já em operação em maio, como Recife-Guarulhos (todos os dias da semana), Recife-Fortaleza (seis semanais) e Recife-Galeão-RJ (diariamente, exceto aos domingos), que entram em vigor a partir do dia 24 de maio, conforme já divulgado anteriormente.

Divulgação/Infraero
Gol retomará no dia 10 de junho voos do Recife para Congonhas e Brasília, além de Petrolina e Guarulhos - Divulgação/Infraero

As novas frequências anunciadas para junho integram a lista de 100 voos diários que a Gol voltará a operar entre 1º e 30 de junho em todo o Brasil. Comparado aos 68 voos de maio, trata-se de um acréscimo de 47%. Quando a referência é o período anterior à pandemia, ainda há uma redução significativa da malha da Gol, de 87%.

Para os voos internacionais, não há planos de retomada.

LATAM

Também procurada, a Latam disse na terça (19) que anunciaria em breve a sua malha aérea mínima essencial programada para junho de 2020. Na noite desta quarta (20), anunciou que passará no próximo mês dos atuais 5% de sua capacidade operacional para 9%, operando 74 rotas no Brasil, com tarifas reduzidas e maior flexibilidade para a compra e programação das viagens.

Em junho, a companhia também programa reabrir quatro rotas internacionais do Brasil para Frankfurt, Londres, Madri e Miami; enquanto no Chile vai retomar os voos para São Paulo e Miami. Em julho, a empresa diz que aumentará para 13 o número de destinos internacionais.

 

DIVULGAÇÃO
Nova rota da Azul do Recife para Congonhas - FOTO:DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Retomada das rotas da Azul para Natal e Aracaju - FOTO:DIVULGAÇÃO

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias