PERNAMBUCO

Vídeo: Voe com o JC no voo da Azul que sai do Recife para o interior de Pernambuco

A convite da empresa, a coluna Turismo de Valor mostrou como é feita a operação para Caruaru

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 13/05/2021 às 9:37
Notícia
Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
O voo até Caruaru é bem tranquilo e rápido, durando em torno de 35 minutos. - FOTO: Leonardo Vasconcelos / Especial para JC Imagem
Leitura:

No dia em que as rotas comerciais do Recife para Caruaru e Serra Talhada completaram seis meses de operação, na ultima terça-feira (11), a Coluna Turismo de Valor foi convidada a experimentar o serviço (veja os vídeos) que conecta o Agreste e o Sertão de Pernambuco com o resto do Brasil e do mundo. Ele é oferecido pela Azul Conecta, empresa de aviação sub-regional da Azul, que em um semestre na região transportou mais de cinco mil passageiros em 818 horas de voo.

A empresa, inclusive, informou para a coluna que pretende ampliar a oferta de voos no interior de Pernambuco e atender outras cidades como Garanhuns, no Agreste, e Araripina, no Sertão. Serra Talhada e Caruaru já contam com esses voos diretos e regulares para o Recife duas vezes por dia. A convite da Azul Conecta, a equipe de reportagem voou para Caruaru na tarde da terça (11) e retornou para a capital pernambucana na tarde da quarta (12).

Ambos os voos foram bem rápidos, cerca de 35 minutos, e muito tranquilos, sem muitos balançados. O avião Cessna Grand Caravan que conta com capacidade para nove passageiros é bem compacto, mas confortável. Para quem vive na capital pernambucana talvez não faça muito sentido se utilizar de um voo para seguir para Caruaru, por exemplo, onde se chega de carro em torno de uma hora e meia. A economia de tempo se mostra bem maior para o destino Serra Talhada (confira a experiência durante o voo no vídeo abaixo)


Todavia o principal público do serviço são as pessoas que vem de outras partes do Brasil e se favorecem de uma conexão direta para o interior de Pernambuco. Como foi o caso do engenheiro Adriano Maeda. "Eu peguei o voo pra me locomover de forma mais rápida entre Recife e Caruaru. Como eu vou voltar pra Fortaleza eu ganho tempo porque se eu fosse de carro iria ser mais demorado. Além de ser seguro, é uma experiência interessante pra quem gosta de voar porque a aeronave pequena proporciona essa sensação melhor", disse.

Comentários

Últimas notícias