EXCLUSIVO

Gravatá: faça um passeio nas cachoeiras e na Serra do Contente

Os assinantes do JC irão conferir o roteiro que poucas pessoas conhecem na cidade na reportagem do programa Cores e Sabores.

Leonardo Vasconcelos
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 29/06/2021 às 7:30
Notícia
Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Na Cachoeira do Tio é possível fazer um rapel radical - FOTO: Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Leitura:

Pouca gente sabe, mas Gravatá tem cachoeiras. Lindas, por sinal. E além delas, há uma reserva ecológica de quase 900 hectares. Esse é o tema da quarta reportagem do especial "Cores e Sabores de Gravatá", que o JC antecipa com exclusividade. O especial completo vai ao ar no dia 10 de julho, às 12h30, na TV Jornal e nas redes sociais da TV Jornal.

Nesta reportagem será possível cohecer as cachoeiras do Tio e da Palmeira, além da Serra do Contente. O especial Cores e Sabores de Gravatá já trouxe matérias sobre as trilhas dos túneis e o rapel na Ponte Cascavel.

Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A Serra do Contente é uma Reserva Particular de Proteção Natural em Gravatá - Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

A Reserva Particular de Proteção Natural Serra do Contente fica localizada distante sete quilômetros do centro de Gravatá, na área mais alta da cidade, a 800 metros acima do nível do mar. São 900 hectares de uma área de brejo de altitude, onde se vê resquícios da mata atlântica no bioma da caatinga. A trilha de mil e duzentos metros é uma aula de meio ambiente ao ar livre e revela diversas curiosidades.

Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A RPPN Serra do Contente conta com lindas paisagens - Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

"Aqui temos uma mata atlântica de brejo de altitude, raríssima no Brasil, só tem 3% no país. E essa preservação é muito importante principalmente para o clima de Gravatá", afirmou o proprietário da reserva, Eronildes Alves Filho.

Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
As trilhas na Serra do Contente são aulas de meio ambiente ao ar livre - Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

Depois o passeio segue e poucos quilômetros após o parque se chega na linda Cachoeira da Palmeira, que tem 20 metros de altura. Bem pertinho dela fica a Cachoeira do Tio, que é um pouco mais alta, com 27 metros, onde é possível a prática do rapel, tividade obrigatória pra quem gosta de aventura.

Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Fazer rapel na Cachoeira do Tio é aventura garantida - Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

Veja a reportagem das cachoeiras e da reserva de brejo no programa "Cores e Sabores de Gravatá"

Novamente com exclusividade e de forma antecipada, nesta quarta-feira (30) o assinante do JC confere a reportagem das trilhas off-road no programa "Cores e Sabores de Gravatá". Os moradores da cidade são apaixonados pelos veículos 4x4 (com tração nas quatro rodas) e aproveitam os fins de semana para explorar as várias paisagens de Gravatá.

Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A Serra do Contente é uma Reserva Particular de Proteção Natural em Gravatá - FOTO:Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A RPPN Serra do Contente conta com lindas paisagens - FOTO:Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
As trilhas na Serra do Contente são aulas de meio ambiente ao ar livre - FOTO:Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Fazer rapel na Cachoeira do Tio é aventura garantida - FOTO:Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
Marcone barros  / Prefeitura de Gravatá / Divulgação
A Cachoeira do Tio tem 27 metros de altura - FOTO:Marcone barros / Prefeitura de Gravatá / Divulgação

Comentários

Últimas notícias