Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

PREJUÍZO

Prejuízo: casal tem Covid durante viagem às Maldivas e vai gastar R$ 22 mil após seguradora negar cobertura da quarentena; entenda

Casal saiu de Tocantins para passar o réveillon nas Maldivas e foi surpreendido com negativa da seguradora de cobrir os gastos com a quarentena

Reprodução/CVC
Casal teve que custear hospedagem e remédios durante quarentena - FOTO: Reprodução/CVC
Leitura:

Uma viagem que deveria ser de comemoração e descanso se tornou uma dor de cabeça. Afinal, João Paulo e sua esposa Ana Paula Toríbio esperavam curtir o fim de 2021 nas Maldivas como comemoração aos seus sete anos de casados, além de celebrar o réveillon no arquipélago.

O que eles não esperavam é que testariam positivo para a Covid-19, teriam o retorno ao Brasil impedido e, acima de tudo, uma negativa da seguradora de viagens quanto a custear os gastos com a quarentena. O resultado? R$ 22 mil que não estavam previstos nos custos iniciais da viagem.

Em entrevista ao portal G1, Ana Paula relata que contratou o seguro viagem de uma empresa que anunciava cobertura contra a Covid-19, mas ao acionar a seguradora foi informada que o gasto extra com hospedagem não seria feito. Sendo assim, ela e o esposo tiveram que custear a hospedagem no quarto em que estão isolados, além dos remédios durante esse tempo.

Ainda de acordo com o portal, a empresa entrou em contato com a turista por e-mail, alegando que, apesar da informação anunciada anteriormente, não cobre os eventos ocorridos em consequência direta e indireta de epidemias e pandemias declaradas por órgão competente.

O que diz a seguradora

A seguradora Assist Card, em comunicado ao portal de notícias, afirmou que "todos os planos oferecidos pela empresa, conforme especificado na apólice de seguros, oferecem coberturas para Covid-19, até o limite de USD 30 mil, exclusivamente para atenção médica e hospitalização".

Além disso, disse que os viajantes podem escolher contratar um serviço extra de cobertura, chamado "Covid Extra". "Ao contratá-lo o viajante passa a ter cobertura extra para quarentena, incluindo prorrogação de estadia e remarcação de viagem, com limite definido de acordo com o plano escolhido. Este plano é opcional e está disponível em nosso site: www.assistcard.com/br", informou a empresa.

Ana Paula afirma ainda que vai acionar a Justiça quando retornar ao Brasil. 

Comentários

Últimas notícias