Dicas e informações de viagens, férias e turismo
Turismo de Valor

Descubra dicas de viagem e roteiros para as férias, além dos destinos e atrações que estão em alta no turismo.

MINAS GERAIS

Capitólio-MG: Reunião entre Ministério do Turismo e secretários estaduais de turismo discute ações para garantir mais segurança no setor

Entre as ações discutidas estão a realização de estudos geológicos no sentido de identificar eventuais riscos e a capacitação de condutores do turismo náutico

Leonardo Vasconcelos
Cadastrado por
Leonardo Vasconcelos
Publicado em 11/01/2022 às 12:59
DIVULGAÇÃO/CBMMG
DESABAMENTO Quatro bancos foram atingidos direta ou indiretamente - FOTO: DIVULGAÇÃO/CBMMG
Leitura:

A tragédia que infelizmente aconteceu em Capitólio, Minas Gerais, precisa ser analisada e, principalmente, evitada. Com essa perspectiva, uma reunião virtual foi realizada entre o Ministério do Turismo e o Fórum Nacional de Dirigentes e Secretários Estaduais de Turismo (Fornatur). O encontro discutiu ações como a realização de estudos geológicos no sentido de identificar eventuais riscos, a formalização de operadores turísticos e a capacitação de condutores do turismo náutico. 

 >> Capitólio: com parte do circuito náutico interditado, setor turístico do "Mar de Minas" sofre consequências da tragédia

Por meio de videoconferência, o ministro Gilson Machado Neto discutiu com representantes do Fornatur medidas para tentar evitar outras tragédias do tipo. Ele solicitou a estados e municípios que indiquem pontos turísticos prioritários a serem analisados, além de estimular a formalização de operadores do setor. “A gente vai solicitar laudos sobre eventuais riscos. Também temos espaço para juntos promovermos uma maior formalização do nosso setor, trazendo mais segurança para turistas e profissionais da área”, frisou.

>> Capitólio: decreto de 2019 regula a navegação por cânions na região; saiba mais

O ministro do Turismo defendeu, ainda, a inclusão do setor no Plano Nacional de Proteção e Defesa Civil e acrescentou que o MTur finaliza preparativos para disponibilizar um curso gratuito de capacitação voltado a condutores de turismo náutico. “Essa capacitação, que nós já vínhamos desenvolvendo, é de fundamental importância. Não apenas pelo momento, mas para a inclusão no mercado de trabalho de profissionais que deem segurança ao turista”, apontou.

Também presente à reunião, o diretor do Departamento de Ordenamento, Parcerias e Concessões do MTur, José Medeiros Nicolau, defendeu empenho de estados pela adequada gestão de suas orlas. “É muito importante que os estados orientem os municípios que são detentores de orlas, seja de água doce, salgada, represa ou lago. A Marinha do Brasil vai seguir o que for parametrizado dentro do município, como limites em relação às margens”, explicou.

Nicolau completou que o MTur trabalha pelo reconhecimento da profissão de condutor de turismo náutico e a inclusão da categoria no Cadastur, o cadastro oficial de prestadores de serviços turísticos. O presidente do Fornatur, Fabrício Amaral, agradeceu a disponibilidade do MTur em discutir melhorias. “A gente agradece e coloca o Fornatur à disposição. É importantíssima a presença do ministro, que foi muito assertivo e objetivo, e da sua equipe aqui com esse diálogo propositivo e aberto”, enalteceu.

A reunião contou com a presença do presidente da Embratur, Carlos Brito e secretários de Turismo e representantes de órgãos oficiais do setor do Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins, além de diretores do Corpo de Bombeiros e de Defesas Civis estaduais, entre outros.

 

Comentários

Últimas notícias