Memórias

Como estariam Recife e Olinda se tivéssemos Carnaval em 2021?

Você imagina como estaria a contagem regressiva? Que blocos estariam prestes a desfilar? A gente relembra um passado não tão distante que dá muita saudade

JC
JC
Publicado em 04/02/2021 às 7:00
Notícia
ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM
Vista aérea do desfile do galo da Madrugada no Recife - FOTO: ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

Em fevereiro de 2020, o coronavírus era um problema que já assolava a Ásia e a Europa, mas ainda configurava como uma ameaça que (ingenuamente) não causava temor nos brasileiros. Por aqui, dominava o clima de alegria e fervilhamento resultado da combinação do calor do verão e a excitação dos foliões prontos para receber o Carnaval. Em Pernambuco, as ruas eram dominadas por blocos, cores e frevo, com uma grande parcela da população aproveitando até o último momento da Quarta-feira de Cinzas, sem saber, ainda que aquele seria o início de um ciclo completamente atípico.

TVJC
CARNAVAL - Bloco Galo Madrugada percorre as ruas do Centro do Recife-PE. - TVJC

Um ano depois, o cenário parece distante: com o Carnaval 2021 suspenso, a memória da folia de outros tempos, quando três latões de cerveja (quente) por dez reais, aglomeração, suor e fantasias ganham conotações quase nostálgicas. Há poucos dias do que seria o Carnaval, não temos os bailes, não temos as troças, não há, pela primeira vez em 43 anos, o Galo da Madrugada armado sobre a ponte Duarte Coelho, olhando imponente para os bairros de Santo Antônio e São José.

ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM
Vista aérea do desfile do galo da Madrugada no Recife - ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM

ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM
Vista aérea do desfile do galo da Madrugada no Recife - ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM

O Carnaval representa muito para o Brasil, é uma de suas festas mais tradicionais, talvez uma de suas características mais conhecidas internacionalmente. Para Pernambuco, a Folia de Momo é não só importante, como parte de sua identidade. A festa tem características próprias no Estado, com o frevo ecoando durante os quatro dias de festividade, em diálogo com os mais variados ritmos, como, inclusive, já virou característica do período, especialmente no Recife.

Na capital pernambucana, o Carnaval virou sinônimo de multiculturalidade e costuma conquistar até aqueles que diziam não gostar da festa. Tem rock, maracatu, MPB, brega, pop, música eletrônica, forró, caboclinho, hip hop, só para citar alguns. Em uma sociedade tão desigual como a brasileira, o período representa uma possibilidade de, minimamente, amenizar as disparidades e colocar uma multidão na rua, em uma massa que pula que "pula que nem pipoca".

Não estivéssemos em uma pandemia, desde o final de novembro, o Centro Histórico de Olinda já começaria a ser ocupado, aos fins de semana, com os foliões ansiosos para a chegada da grande festa, meses depois. Em Pernambuco, é natural que 100 dias antes do Carnaval já se comece a contagem regressiva. É como se uma chave virasse e as coisas, de repente, ficassem um pouco mais leves.

IMAGEM CARNAVAL DE 2020/JC IMAGEM
Carnaval de Olinda, em Pernambuco - IMAGEM CARNAVAL DE 2020/JC IMAGEM

No "velho normal", este seria um momento de preparação para o Baile Municipal, um dos últimos remanescentes do período áureo de festividades do tipo, que reuniam famílias e foliões para celebrar antecipadamente a chegada do Carnaval em casas de show e clubes.

Também se estaria pensando nas fantasias, com o centro do Recife lotado de foliões correndo atrás dos últimos detalhes para montar suas indumentárias. No vuco-vuco, adereços ajudariam a dar vida aos sonhos mais loucos, aos desejos muitas vezes reprimidos que só no Carnaval alguns se permitem vivenciar. 

 

BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Foto : Brenda Alcântara/ JC Imagem Data : 27.01.2020 Assunto : FREVO - Aula de frevo com os Guerreiros do Passo na Paço do Hiprodromo. Pauta para o Especial de Carnaval. - BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM

Plural como nenhum outro, o Carnaval de Pernambuco não se resume às expressões características do Recife e de Olinda. No interior do Estado, várias cidades mantêm comemorações únicas que reúnem milhares de foliões. É o caso de Bezerros, com seus papangus, os Tabaqueiros de Afogados da Ingazeira; os caboclinhos de Goiana, o maracatu rural de Nazaré da Mata; as caiporas de Pesqueira, as caretas de Triunfo, só para citar alguns.

Enquanto não podemos nos reunir novamente, sentir o calor da rua e o som dos clarins, dos tambores e dos paredões tomando conta de Pernambuco, nos agarramos às memórias de carnavais inesquecíveis e do poder catártico e transformador dessa festa que é mais do que uma data. É parte do tecido social brasileiro, com suas contradições, beleza e caos. Que em 2022 possamos estar todos juntos, não mais vivendo de #tbt (hashtag do Instagram, postada às quintas-feiras, em que os usuários publicam imagens antigas).

Lembre os blocos e eventos que aconteceriam nesta semana pré-Carnaval:

As Virgens do Bairro Novo, em Olinda

Foto: Ezequiel Quirino/TV Jornal
Dez trios elétricos vão animar os foliões no percurso que vai do Bairro Novo até Casa Caiada - Foto: Ezequiel Quirino/TV Jornal

Baile Municipal do Recife

Dayvison Nunes / JC Imagem
Baile Municipal do Recife, no Classic Hall. - Dayvison Nunes / JC Imagem

Noite Dos Tambores Silenciosos, em Olinda

Foto: Leo Mota / JC Imagem
Tradicional celebração reúne maracatus no Pátio do Terço, no bairro de Santo Antônio - Foto: Leo Mota / JC Imagem

Bloco Garoto Da Noite, em Olinda

Homem da Meia Noite, em Olinda

DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
EMOÇÃO Saída do Homem da Meia-Noite pelas ladeiras é acompanhada por multidão, que canta o hino e celebra o momento especial - DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM

Bloco Segure O Avião

Os Barba

Porto Musical

Foto: Luiz Fabiano/Instagram
O evento conta com os principais destaques da música brasileira do momento: Anitta, Wesley Safadão, Marília Mendonça, Léo Santana, Xand Avião, entre outros - Foto: Luiz Fabiano/Instagram

Olinda Beer

Cariri Olindense

Foto: Reprodução/Facebook Clube Elefante de Olinda
Domingo é dia dos desfiles dos blocos Cariri Olindense, Batuques de Pernambuco, D'breck e Clube Elefante de Olinda - Foto: Reprodução/Facebook Clube Elefante de Olinda


Trinca De Ás

Bloco Escuta Levino, na Praça Maciel Pinheiro

Ceroula de Olinda

IMAGEM CARNAVAL DE 2020/JC IMAGEM
Carnaval de Olinda, em Pernambuco - IMAGEM CARNAVAL DE 2020/JC IMAGEM

TVJC
CARNAVAL - Bloco Galo Madrugada percorre as ruas do Centro do Recife-PE. - FOTO:TVJC
ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM
Vista aérea do desfile do galo da Madrugada no Recife - FOTO:ARNALDO CARVALHO/ACERVO JC IMAGEM
IMAGEM CARNAVAL DE 2020/JC IMAGEM
Carnaval de Olinda, em Pernambuco - FOTO:IMAGEM CARNAVAL DE 2020/JC IMAGEM
BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Foto : Brenda Alcântara/ JC Imagem Data : 27.01.2020 Assunto : FREVO - Aula de frevo com os Guerreiros do Passo na Paço do Hiprodromo. Pauta para o Especial de Carnaval. - FOTO:BRENDA ALCÂNTARA/JC IMAGEM
Dayvison Nunes / JC Imagem
Baile Municipal do Recife, no Classic Hall. - FOTO:Dayvison Nunes / JC Imagem
DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
EMOÇÃO Saída do Homem da Meia-Noite pelas ladeiras é acompanhada por multidão, que canta o hino e celebra o momento especial - FOTO:DIEGO NIGRO/ACERVO JC IMAGEM
Reprodução
Mesmo após suspensão do carnaval 2021 pelo Governo Estadual, blocos carnavalescos são flagrados desfilando em pontos do Recife neste domingo (10) - FOTO:Reprodução

Comentários

Últimas notícias