Streaming

Entre abadás e influencers, filme nacional 'Carnaval' estreia na Netflix

Plataforma investe em corrida dos likes e folia baiana no longa original que estreia nesta quarta-feira (2)

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 01/06/2021 às 19:10
Notícia
DESIRÉE DO VALLE/NETFLIX
Bruna Inocêncio, Giovana Cordeiro, a influencer G-Kay e Sâmya Pascotto estrelam o longa brasileiro 'Carnaval' - FOTO: DESIRÉE DO VALLE/NETFLIX
Leitura:

Estamos no início de junho, e o Carnaval de Salvador esse ano vai chegar mais cedo... Ao menos na Netflix. É que os abadás customizados, brilhos e corrida pelos likes já estão todos prontos para o filme Carnaval, nova aposta nacional da plataforma de streaming, que estreia nesta quarta-feira (2).

>> 'A Love So Beautiful': Conheça o dorama chinês que faz sucesso na Netflix

>> 'Army Of The Dead': filme com sangue, zumbis e dramas pessoais estreia na Netflix

>> Filme nacional 'Ricos de Amor' quer fazer rir e emocionar na Netflix

No roteiro da comédia escrita por Luisa Mascarenhas, Audemir Leuzinger e Leandro Neri, que também assina a direção do longa, a influenciadora digital Nina (Giovana Cordeiro) descobre um vídeo de traição do namorado sendo viralizado e, para superar o término, usa seus contatos para viajar para Salvador no Carnaval, junto das três melhores amigas, com tudo pago.

O Jornal do Commercio conversou com as atrizes que estrelam a trama numa coletiva de imprensa remota. Giovana Cordeiro refletiu sobre sua personagem, que encara esse universo feroz da busca por seguidores, curtidas e a cultura do cancelamento nas redes sociais.

"O caminho da Nina para tentar ser uma coisa que ela queria, mas que não era ela, e em algum momento não olhar para as amigas, revela muito uma insegurança sobre quem ela é, a verdade dela, a história dela. Acho que o tempo inteiro a gente sempre se pergunta sobre isso. Temos muito caminho pela frente, muita coisa para viver. Eu sou de uma geração em que as coisas mudaram muito rápido. E eu fui crescendo junto com ela", afirma a atriz.

A nerd Vivi, interpretada por Sâmya Pascotto, parece ser totalmente alheia ao clima do Carnaval de Salvador. Mas o trabalho foi divertido para a atriz: "O Leandro [Neri, diretor] foi muito receptivo às nossas ideias e sugestões de mudança. A minha cena final com o Samir (Rafael Medrado), em que faço as perguntas para ele, era completamente diferente. Não tinha essa pergunta do 'sentido da vida'... E foi muito legal colaborar nesse sentido, de ir construindo isso também a partir do roteiro".

Na contramão dos quase 15 milhões de seguidores no Instagram, a influenciadora digital e atriz Gessica Kayane, a G-Kay, se aventura no filme como a descolada Michelle, que não liga muito para as redes sociais e só quer aproveitar intensamente a vida e, claro, os "boys" de Salvador. "Acho que, como atriz, esse filme me engrandeceu muito, ensinou muita coisa e, principalmente, me fez quebrar muitas barreiras. Porque minha personagem era muito de corpo, de beijo, de tato, e eu não tinha vivenciado isso ainda. De cara, a primeira cena que fiz no filme foi beijar quatro atores em cena! Eu aprendi muitas coisas", relata.

Bruna Inocêncio vive Mayra, que traz uma storyline um pouco mais dramática para o colorido longa, já que sua personagem tem síndrome do pânico e encontra apoio na espiritualidade dos orixás. "O que Carnaval me acrescentou é que a minha mãe tem essa fobia de multidão que a Mayra tem, e eu passei a olhar de forma diferente, com mais delicadeza e muito mais afeto. Porque você ver uma pessoa que tem isso ou estar perto é completamente diferente de você sentir na pele o que é, realmente. Não que eu já não tivesse reparado antes, mas hoje estou muito mais acolhedora. Tenho mais cuidado, porque é necessário. Em todas as áreas da nossa vida, acolher é necessário", ressalta.

APROXIMAÇÃO

Ao longo dos 90 minutos de filme, é perceptível que Carnaval agrada pela verossimilhança do roteiro ao abordar o universo brasileiro dos influencers, tendo o Carnaval de Salvador como pano de fundo. A história ainda surpreende com um plot twist do cantor baiano Freddy Nunes, vivido por Micael Borges.

O longa também traz no elenco as participações de Stella Miranda, Nikolas Antunes, Jean Pedro, o cantor Durval Lelys, e até dos gêmeos do BBB17, Antônio e Rafael Rafaski.

Comentários

Últimas notícias