Violência

Whindersson Nunes fala sobre a situação de Roberta, mulher trans queimada no Recife: 'Me corta o coração'

Artista e infuenciador piauiense usou suas redes sociais para expressar sua indignação com o caso

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 26/06/2021 às 19:09
NE10
O humorista Whindersson Nunes quebrou o silêncio nas redes sociais para comentar o caso - FOTO: NE10
Leitura:

O influenciador digital Whindersson Nunes quebrou o silêncio nas redes sociais, neste sábado (26), para falar sobre o caso de Roberta Silva, mulher trans de 32 anos que foi atacada no Recife e teve 40% de seu corpo queimado. Foi a primeira vez que ele postou na rede social desde o dia 31 de maio, quando seu filho, Miguel, faleceu, após complicações de saúde por conta do parto prematuro.

"Um amigo foi deixar umas flores e um bilhete meu para Roberta, a travesti que foi queimada ontem em Recife, ela não pode ler o bilhete, nem receber as flores, ela tá entubada indo amputar o braço esquerdo e avaliando amputação do braço direito, me corta o coração mais do que já está", escreveu. "Esse assinto me toca porque tenho uma amiga trans que falou de Jesus pra mim muito bonito quando eu tinha perdido a fé, e esse amor voltou, não me importa com o que você acha, mas me importa toda vez que eu penso nela tenho medo que  alguém faça algo assim DO NADA, porque é uma realidade."

O humorista falou ainda que o assunto o toca porque uma amiga trans uma vez falou sobre Jesus de uma maneira que o tocou, em um momento em que ele se sentia sem fé. Ele disse lembrar dessa amiga e do medo que sente que alguém a ataque do nada, simplesmente por conta de sua identidade de gênero.

Violência

Em entrevista à Rádio Jornal, a codeputada Robeyoncé Lima, do mandato coletivo das Juntas (Psol) na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), ressaltou que a motivação para a violência contra Roberta foi a transfobia. Ela a visitou no hospital na sexta (25), onde viabilizou a sua transferência da ala masculina, onde estava inicialmente. Roberta Silva teve 40% do corpo queimado por um adolescente no Cais de Santa Rita, no centro do Recife, na madrugada da sexta-feira (25).

Comentários

Últimas notícias