Violência

Pamella Holanda, mulher de DJ Ivis, se pronuncia após denunciar agressões: 'Não vou me calar'

Arquiteta e influenciadora digital agradeceu o apoio que vem recebendo

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 12/07/2021 às 9:35
Notícia
INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
Pamella Holanda ganhou milhares de seguidores desde que denunciou as agressões de DJ Ivis - FOTO: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
Leitura:

Pamella Holanda, 27, utilizou seu Instagram, nesta segunda-feira (12), para agradecer as mensagens de apoio que vem recebendo desde que denunciou através de vídeos, no domingo (11), as agressões que sofreu do companheiro, Iverson de Souza Araújo, conhecido como DJ Ivis. Através dos stories, ela disse que ela e a filha, que tem nove meses, estão seguras e que não irá se calar sobre o episódio.

"Eu quero e preciso agradecer todo o apoio que estou recebendo. Dizer que não estou bem, mas que estou segura, eu e minha filha. E dizer também que hoje o meu choro é de alívio por ter certeza que Deus está com a gente, que nunca mais vou viver o que vivi e que não preciso mais fingir para ajudar ninguém", escreveu na mensagem.

A arquiteta e influenciadora digital pontuou ainda que não existe fama, dinheiro, posição social ou influência que permita seu ex-companheiro ficar impune diante das violências.

"Eu me calei por muito tempo! Eu sofria sozinha com minha filha, sem apoio até dos que se diziam estar ali pra ajudar, que eram coniventes e presenciavam tudo calados sem interferir com a desculpa que eu tinha que aguentar calada porque era o 'jeito dele', era esse o 'temperamento dele' e que se eu quisesse viver com ele teria que me sujeitar a ser submissa! Não se calem! Não se calem jamais! Eu não vou me calar", reforçou.

Em outro story, com uma fotografia em que aparece grávida, Pamella mandou uma mensagem para a filha. ""Por mim e por você, minha filha. Que sentia junto comigo, antes de nascer, a angústia e o medo. Estamos salvas". Em outro texto, ela se dirige ao DJ Ivis: "Acabou a vida de video game, a vida de novela, de comercial de margarina para ganhar em cima. E você nunca foi um cara de família, até porque você não sabe o que é ser uma."

O caso

Segundo informações publicadas pelo jornalista Léo Dias, do portal Metrópoles, o artista agrediu a esposa no início do mês, e teria, inclusive, ameaçado a mulher com uma faca. Na ocasião, ambos chegaram a ser levados para uma delegacia do Ceará, mas Ivis não chegou a ser preso. Conforme informações repassadas a Léo Dias por fontes não reveladas, Pamella foi à delegacia sozinha, enquanto o músico acionou seus advogados para acompanhá-lo. Por conta disso, a mulher ficou amedrontada e acabou saindo da delegacia antes de prestar depoimento e fazer o exame de corpo de delito.

No outro dia, depois de se acalmar, Pamella retornou a delegacia e fez todos os procedimentos necessários, mas o flagrante não poderia mais ser lavrado, diz o Metrópoles. No dia 4 de julho, a Justiça do Ceará teria emitido uma medida protetiva em caráter de urgência a favor de Pamella e da filha do casal, de 9 meses.

Xand encerra parceria

O cantor Xand Avião, que é sócio na empresa Vybbe, um dos maiores escritórios de agenciamento de artistas e shows do País, publicou um vídeo na noite deste domingo se solidarizando com Pamella Holanda, companheira do DJ Ivis, que foi agredida pelo artista nos primeiros dias de julho. Segundo Xand, o contrato de Ivis com a sua empresa será rompido e toda a assistência será prestada a Pamella e à filha que ela tem com o DJ, de apenas 9 meses.

"Estava vindo de Fortaleza e quando cheguei em casa fui pego por essa tempestade do caso do DJ Ivis. Uma coisa muito séria e eu não admito e nem compactuo com qualquer tipo de violência, ainda mais contra uma mulher. Nada explica isso. Quero dizer também que já designei a minha equipe inteira para falar com Pamella e ajudar a ela e à criança no que elas precisarem", afirmou o cantor.

Comentários

Últimas notícias