Solidariedade

Famosos apoiam Pamella Holanda, que denunciou agressões de DJ Ivis

Juliette, Pocah, Solange Almeida e Xand Avião estão entre os que se pronunciaram

Márcio Bastos
Márcio Bastos
Publicado em 12/07/2021 às 10:37
INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
A arquiteta Pamella Holanda tem uma filha de nove meses com DJ Ivis - FOTO: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO
Leitura:

Após denunciar, domingo (11), as agressões que sofreu do companheiro, DJ Ivis, Pamella Holanda vem recebendo várias mensagens de apoio de internautas e famosos. A influenciadora digital, que é mãe de uma criança de nove meses, fruto de seu relacionamento com o produtor, utilizou suas redes para agradecer o suporte e dizer que, apesar de não estar bem, está em segurança. Desde que compartilhou o vídeo, Pamella ganhou mais de 1,1 milhão de seguidores no Instagram.

Pouco após as imagens de Pamella sendo agredida com socos e chutes virem a público, uma onda de indignação tomou conta da internet. As críticas ao DJ Ivis aumentaram após o produtor publicar uma série de vídeos admitindo as violências, mas tentando justificá-las como uma espécie de defesa, dizendo também ser vítima de agressões físicas por parte de Pamella, de quem disse sofrer chantagens.

>> Pamella Holanda, mulher de DJ Ivis, se pronuncia após denunciar agressões: 'Não vou me calar'

>> Saiba quem é Pamella Holanda, mulher que sofreu agressões do DJ Ivis

>> Quem é DJ Ivis? Flagrado em vídeo agredindo mulher é compositor de "Esquema Preferido" e outros hits do piseiro

>> DJ Ivis agride companheira e justifica violência afirmando que 'não aguentava mais ser chantageado'

Indignada com o posicionamento do DJ, a cantora e ex-BBB Pocah utilizou o Twitter para chamá-lo de covarde. A funkeira se mostrou ainda revoltada com o crescimento no número de seguidores do DJ, desde que o caso veio à tona.

"DJ IVIS VOCÊ NÃO É VÍTIMA, VOCÊ É UM COVARDE! Não adianta ficar tentando justificar a agressão a sua mulher. Está gravado!", escreveu na sua rede social.

A vencedora do BBB, Juliette Freira, também se posicionou sobre o assunto e reforçou a importância de denunciar violências contra as mulheres. "Por nenhuma mulher a mais silenciada, a violência não deve e nem pode nos calar. Não existe justificativa. Todo o meu apoio à Pamella e repúdio às cenas e atos de horror do DJ Ivis. Violência contra mulher é crime", escreveu no Twitter, compartilhando a mensagem também com seus mais de 30 milhões de seguidores no Instagram.

A cantora Solange Almeida, que já foi vítima de violência doméstica, também repudiou as atitudes de DJ Ivis e fez um alerta sobre a importância de denunciar os abusos cometidos no âmbito doméstico.

"Quando vi os vídeos da Pamela sendo agredida eu me vi há alguns anos passando pela mesma situação. Eu era ameaçada até com revólver na cabeça; que seria morta caso eu o deixasse. Depois de vários anos consegui enfim me libertar. Denunciei a agressão e ele nem se quer ouvido foi", afirmou. 

Também vítima de violência doméstica, Joelma prestou seu apoio a Pamella e todas as mulher que sofreram e sofrem com abusos por parte de seus companheiros. Ela compartilhou um trecho da sua música Perdeu a Razão, que fala sobre o assunto. "A letra dessa música diz muito! Violência contra mulher é crime e não tem justificativa. Ligue 180 para denunciar e buscar ajuda as vítimas de violência contra a mulher".

Ao saber do caso, Xand Avião também foi um dos primeiros a se pronunciar. Ele, que tinha laços profissionais e de amizade com DJ Ivis, afirmou que estava rompendo a parceria e prestou seu apoio a Pamella, afirmando ter se colocado à disposição para ajudá-la.

Gil do Vigor foi outro que comentou o caso. O pernambucano utilizou o Twitter para dizer que estava indignado com o caso. "Estou muito triste e indignado com tudo isso. Minha família é de mulheres e minha mãe sempre me ensinou a respeitar e proteger. Nunca nenhum homem deve levantar a mão para uma mulher, em nenhuma hipótese", escreveu. "Meu apoio a Pamella que colocou a boca no mundo mesmo com toda pressão social, e que a justiça seja feita. E não usem meu nordeste para tentar ofender essa pessoa!!! Xenofobia não dá mais."

 

O caso

Segundo informações publicadas pelo jornalista Léo Dias, do portal Metrópoles, o artista agrediu a esposa no início do mês, e teria, inclusive, ameaçado a mulher com uma faca. Na ocasião, ambos chegaram a ser levados para uma delegacia do Ceará, mas Ivis não chegou a ser preso. Conforme informações repassadas a Léo Dias por fontes não reveladas, Pamella foi à delegacia sozinha, enquanto o músico acionou seus advogados para acompanhá-lo. Por conta disso, a mulher ficou amedrontada e acabou saindo da delegacia antes de prestar depoimento e fazer o exame de corpo de delito.

No outro dia, depois de se acalmar, Pamella retornou a delegacia e fez todos os procedimentos necessários, mas o flagrante não poderia mais ser lavrado, diz o Metrópoles. No dia 4 de julho, a Justiça do Ceará teria emitido uma medida protetiva em caráter de urgência a favor de Pamella e da filha do casal, de 9 meses.

Comentários

Últimas notícias