Streaming

'Brincando com Fogo Brasil': Em reality 'sem sexo', brasileiros fazem questão de quebrar as regras

Versão brasileira do programa estreou nesta quarta-feira (21) na Netflix e traz uma pernambucana no elenco

Robson Gomes
Robson Gomes
Publicado em 21/07/2021 às 15:02
Notícia
NIKHOL ESTERAS/NETFLIX
A psicóloga e influencer pernambucana Thuany Raquel está no elenco de 'Brincando com Fogo Brasil' - FOTO: NIKHOL ESTERAS/NETFLIX
Leitura:

Após o sucesso do reality show Brincando com Fogo (Too Hot To Handle), que já tem duas temporadas [a segunda recém-lançada, inclusive], a Netflix estreia nesta quarta-feira (21) na plataforma a versão brasileira do programa que busca testar a "castidade" de uma turma de solteiros numa ilha paradisíaca: o Brincando com Fogo Brasil.

>> Conheça Thuany Raquel: a pernambucana do 'Brincando com Fogo Brasil'

>> 'Brincando Com Fogo' é mais que um 'reality de pegação' da Netflix

>> Conheça JP Gadêlha, o galã pernambucano do 'The Circle Brasil'

No formato nacional de oito episódios, dez solteiros fogosos acham que vão curtir um reality de pegação, até que Lana (Letícia Quinto), um cone de inteligência artificial, anunciam que eles estão em um "retiro" para "despertar conexões profundas" e, para levar uma bolada de até R$500 mil, nenhum contato sexual entre eles (em dupla ou individual) deve ser feito nos próximos dias. Caso contrário, cada ato será descontado no valor final. A narração do programa é feita pela comediante Bruna Louise.

O Jornal do Commercio teve acesso aos três primeiros episódios e, pode-se dizer que o tempero brasileiro faz toda a diferença na atração. Além de um elenco bastante atraente, que exala sexualidade, é divertido vê-los tentando "resistir às tentações" (ou não) em meio à festas, encontros e workshops e, claro, nem sempre sendo felizes na missão, gerando muita confusão entre eles.

CONTERRÂNEA

Com solteiros de várias partes do País, o Brincando com Fogo Brasil também traz uma representante de Pernambuco: a psicóloga e influenciadora Thuany Raquel, de 27 anos. Logo nos primeiros episódios, é notável que além de comunicativa, a conterrânea já causa bastante: beija, briga e vive o programa intensamente.

"Eu tenho a personalidade muito forte, sou uma nordestina arretada raiz! Daquelas que não leva desaforo pra casa. Além disso, sou fogosa nível hard, ou seja, coloquei fogo e gasolina", disse Thuany em entrevista ao JC.

A pernambucana também falou se foi fácil para ela cumprir a "abstinência" proposta pelo reality: "Nada fácil! Era muito difícil segurar os desejos. Principalmente nos momentos que eram mais propícios a tocar fogo... (risos) Se dependesse só de mim, teria saído devendo. Mas chega um momento que não é só o dinheiro em jogo, é a relação com os outros participantes".

Hoje, Thuany Raquel confessa que soube separar as coisas dentro do programa da Netflix. "Eu costumo dizer que na vida sou Thuany, no reality principalmente. Pois se trata de reality de diversão, pegação, ou seja, momentos que diferem de uma atuação como psicóloga. Mas obviamente por também se tratar de relações interpessoais, a Psicologia se faz presente em alguns momentos, numa escuta/percepção mais aguçada, numa análise do contexto geral, etc. Mas que fique claro: no programa, eu fui a 'pessoa Thuany'. 'Psicóloga Thuany' só sou no consultório com os pacientes", ressalta.

Os primeiros quatro episódios do Brincando com Fogo Brasil chegaram nesta quarta-feira (21) na plataforma e a metade final da primeira temporada estreia em 28 de julho.

Comentários

Últimas notícias