NETFLIX

Round 6: Veja curiosidades sobre a boneca do jogo "Batatinha frita 1, 2, 3"

Como forma de promover a série, a plataforma de streaming fez com que a boneca fosse "entrevistada" pelo site Vulture, o que rendeu várias revelações inéditas sobre o brinquedo fatal

Julianna Valença
Julianna Valença
Publicado em 08/10/2021 às 15:14
Notícia
Netflix
'Round 6' se tornou um sucesso no mundo. - FOTO: Netflix
Leitura:

A produção coreana Round 6 já é um fenômeno mundial da Netflix, caindo no agrado de muitas pessoas. No entanto, o que rouba a cena mesmo e se fixa no imaginário de todos que já viram a série é da icônica boneca macabra que aparece no primeiro episódio. Como forma de promover a série, a plataforma de streaming fez com que a boneca fosse “entrevistada” pelo site Vulture, o que rendeu várias revelações inéditas sobre o brinquedo fatal. Confira:

>> Curiosidades que talvez você não conheça sobre Round 6

1 - Batatinha frita 1,2,3

Netflix
O desafio da batatinha frita 1, 2, 3 viralizou nas redes sociais por conta da série. - Netflix

Protagonista de uma das cenas mais sangrentas da série, a boneca elimina os candidatos que não conseguem atingir as regras da brincadeira infantil brasileira “batatinha frita 1,2,3”, frase falada por ela na tradução que indica o comando para que os participantes avancem na prova.

No entanto, na versão original, o brinquedo fala “a rosa-de-Saron-floresceu", uma referência a uma brincadeira local da Coreia do Sul.

 

2 - Chantal

Reprodução/doramassinps
Mugunghwa, flor considerada símbolo da Coreia do Sul. - Reprodução/doramassinps

Também conhecida como hibisco-da-síria, a rosa de Saron é uma flor considerada símbolo do país e representa a emancipação da Coreia do Japão. Ao portal a boneca revelou a inspiração para o seu nome de batismo. “Curiosamente, recebi o nome da flor, Mugunghwa, ou a Rosa de Sharon em inglês. Você pode me chamar de Chantal”, declarou.

3 - Referência a livros didáticos

Reprodução/PCNW
Chulsoo e Younghee. - Reprodução/PCNW

Chantal ainda disse que o diretor de arte Chae Kyung-sun queria fazer referência a livros didáticos antigos do ensino fundamental coreano. Nestes livros, eram ilustrados um casal de garotos e garotas chamado Chulsoo e Younghee, o visual da dupla foi a inspiração para a construção da estética da boneca.

4 - Bastidores

DIVULGAÇÃO
Série traz jogadores falidos que aceitam um convite para um jogo de sobrevivência, e um prêmio milionário aguarda os participantes, mas as apostas são altas e mortais. - DIVULGAÇÃO

Na entrevista a boneca também falou sobre as gravações da série. Segundo ela, a grande produção contou com a dedicação de todo o elenco e a equipe. "Foram todos calorosos e profissionais", afirmou. "Eu tive uma sessão de dança com alguns dos atores de fundo, o que realmente me soltou. Estudei muito as artes expressivas baseadas no movimento: mímica (como mencionei), moderna, kabuki. Então, dançar realmente me ajudou a me conectar ao meu corpo", declarou a personagem na entrevista para o portal. 

 

5 - Crítica ao capitalismo

Reprodução/Netflix
Cena de 'Round 6' gerou uma inusitada situação fora das telas; entenda - Reprodução/Netflix

Muito se especulou nas redes sociais que a série Round 6 seria uma referência ao sistema capitalista. Quando questionada sobre a hipótese Chantal disse não saber se a função da arte seria criticar ao passo que retrata. "Sim, isso é entretenimento, mas também é um espelho para nossa sociedade. O que você escolhe fazer com essa imagem é com você", concluiu.

 

DIVULGAÇÃO
Série traz jogadores falidos que aceitam um convite para um jogo de sobrevivência, e um prêmio milionário aguarda os participantes, mas as apostas são altas e mortais. - FOTO:DIVULGAÇÃO
Netflix
O desafio da batatinha frita 1, 2, 3 viralizou nas redes sociais por conta da série. - FOTO:Netflix
Reprodução/Netflix
Round 6, produção coreana da Netflix. - FOTO:Reprodução/Netflix
Reprodução/doramassinps
Mugunghwa, flor considerada símbolo da Coreia do Sul. - FOTO:Reprodução/doramassinps
Reprodução/PCNW
Chulsoo e Younghee. - FOTO:Reprodução/PCNW

Comentários

Últimas notícias