LUTO

"Painho foi embora cantar no céu", diz filho sobre morte do cantor Augusto César

Filho de Augusto, o músico José Augusto relatou em entrevista para a Rádio Jornal na manhã desta quarta-feira (21) como foram os últimos momentos com o pai

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 21/04/2021 às 8:42
Notícia
LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
12-9-2018 - FOTO: LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

O estado de saúde do cantor pernambucano Augusto César evoluiu, em um só dia, de graves sintomas suspeitos de covid-19 até a morte, nessa terça-feira (20). O filho dele, o também músico José Augusto, relatou em entrevista para a Rádio Jornal na manhã desta quarta-feira (21) como foram os últimos momentos com o pai.

O artista, que era diabético, passou mal em casa e foi inicialmente socorrido para um hospital público, mas o quadro foi se agravando. "Ele estava com alguns quadros, mas era muito teimoso. Tentei levá-lo para fazer exames e ele não quis. Só quando ficou muito ruim, conseguimos levá-lo. Chegando lá, o médico detectou que provavelmente era covid, e que os problemas que ele tinha foram agravados pelo vírus", contou.

Levado para o Hospital Hapvida, ele passou de um leito semi-intensivo para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e foi posteriormente intubado. "Foi tudo muito rápido. Em um piscar de olhos, painho foi embora cantar no céu", relatou.

Augusto informou também que o sepultamento deve ser acompanhando apenas pelos familiares mais próximos e deve acontecer às 19h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista, na Região Metropolitana do Recife, mas que o horário ainda está sujeito a mudanças.

"Como teve o quadro de covid, não vamos poder receber o público, infelizmente não vamos poder dar o adeus que ele merecia. Vai ser reservado para a família", lamentou.

Comentários

Últimas notícias