MÚSICA

Multiartista pernambucano Hugo Coutinho lança seu primeiro trabalho solo; ouça 'Preparo'

Canção versa sobre se lançar ao novo e chega pelo selo Hominis Canidae REC

Nathália Pereira
Nathália Pereira
Publicado em 22/09/2021 às 19:40
Notícia
AUTORRETRATO /  DIVULGAÇÃO
Hugo tem vasta bagagem de experiência ao lado de nomes da música local, como Isaar, Graxa e Juvenil Silva - FOTO: AUTORRETRATO / DIVULGAÇÃO
Leitura:

É com bagagem já cheia de experiências, vividas ao lado de alguns dos mais frutíferos nomes da música pernambucana contemporânea, que Hugo Coutinho chega ao lançamento de um trabalho com seu nome em primeiro plano, o single Preparo. A música entrou hoje (22) nas plataformas digitais, além do YouTube, com a chancela do selo Hominis Canidae REC, de Diego Pessoa.

Envolvente e delicada, a canção versa sobre se lançar ao novo e tem, conta o artista, relação direta com o nascimento de seu filho: "Tomar decisões impulsivas / E saber rumar sua vida / Preparar-se para a partida /  Fazer o batismo do filho /  Nomear sem ver sua face / E conectar-se com o acaso"', diz em trecho.

Voz, guitarra, baixo, violão, synths e piano são de Hugo Coutinho, que assina ainda a mixagem. A bateria ficou por conta de Gilvandro Barros, com a masterização feita por Adriano Leão (Casa do Kaos). A arte que ilustra a capa é da também pernambucana Isabella Alves.

"Em breve sai um clipe e um EP nesse esquema lo-fi produzido por mim e com parcerias necessárias", adianta o artista.

Leia também: Olindenses da Pra Mateuz Poder Dançar comandam live show em família

Leia também: Banda Diablo Angel lança single para marcar nova fase da carreira

Leia também: Dani Carmesim celebra dez anos de carreira bem ao seu estilo

ATÉ AQUI

Hugo Coutinho é compositor, cineasta e produtor musical. Na composição, tem trabalhos junto à Una e à banda Sabiá Sensível, além de tocar com Graxa, Juvenil Silva, D Mingus e Isaar. Na seara dos festivais, subiu aos palcos do Psicodália, No Ar Coquetel Molotov, Rec-Beat, Porto Musical, Festival de Inverno de Garanhuns e A Noite do Desbunde Elétrico.

É membro da produtora Jacaré Video, com que lançou RAMO (longa-metragem, 2015), fez trilha sonora para Nanã (2017) e Entremarés (2018), ambos filmes, e para as séries É Por Aí (2013 -2014) e Bora Cuidar (2020).

Foi responsável pela ambientação sonora em trabalhos ligados à performance, como Oroboros (com Yuri Bruscky) e Por Onde Andam os Porcos (2019). Realizou as trilhas sonoras dos espetáculos Avós, de Olga Ferrario, e O Último Encontro do Poeta com a sua Alma, de Claudio Ferrario, este último com o xará Hugo Medeiros.

Colaborou na trilha do espetáculo teatral Opá - Uma Missão, de Lívia Falcão. Integra hoje a equipe do Teatro Gambiarra, espaço ativo há um ano e que propõe experimentação artística viabilizada para  o público por meio da web.

Ouça Preparo abaixo: 

Comentários

Últimas notícias