Família

Ratinho posta nova foto com Noah, neto que nasceu com hidrocefalia, e derrete-se

Ratinho chama de Noah de anjo da guarda e celebra a vida do pequeno

Marília Banholzer
Marília Banholzer
Publicado em 27/09/2021 às 18:36
Notícia
DIVULGAÇÃO
Ratinho - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

O apresentador de televisão Ratinho publicou, neste domingo, em sua conta no Instagram uma foto em família. No registro, ele aparece ao lado do filho, Gabriel, e do neto Noah, de três anos, que nasceu com hidrocefalia, uma malformação congênita que acomete um em cada mil bebês nascidos. Na legenda, Ratinho escreveu: "Nosso grande amor". A foto teve mais de 200 mil curtidas - o que não é comum no perfil do apresentador. A postagem ainda recebeu comentários de famosos como Sônia Abrão, César Menotti, Kell Smith, Sorocaba e Wanessa.

Além de Noah, Ratinho - que é casado com Solange Massa e pai de três filhos (Ratinho Jr., Gabriel e Rafael) - também é avô de Carlos Alberto, Alana, Yasmin, Gabriele, Aurora e Alícia. Em janeiro deste ano, Ratinho havia publicado uma outra foto de Noah, que curtia um dia de sol à beira de uma piscina. O registro acabou causando polêmica após o também apresentado Danilo Gentili comentar: "A cara dele está engraçada".

Alguns seguidores de Ratinho acharam a fala ofensiva e repercutiram a declaração. Na ocasião, o apresentador e avô de Noah foi questionado sobre como recebeu o comentário de Gentili e minimizou: "Acho que ele não tem informações sobre o meu neto. Sem maldade".

O que é hidrocefalia?

A Hidrocefalia é derivada de duas palavras: "hidro", que significa água, e "cefalia", referindo-se à cabeça. Esta "água" denominada tecnicamente como LCR (Liquido Cefalorraquideo) ou Líquor tem funções cruciais em nosso cérebro. Existem vários fatores que podem causar a hidrocefalia, sendo que pode ser uma condição congênita ou adquirida. A hidrocefalia adquirida pode se desenvolver por conta de uma hemorragia cerebral, um tumor no cérebro, formação de cicatriz ou meningite. Existe também a Hidrocefalia de Pressão Normal que geralmente se desenvolve em adultos acima de 60 anos de idade.

A incidência de hidrocefalia pediátrica pode afetar 1 de cada 1.000 pessoas. Existe uma complexidade para estabelecer estes dados, mas se estima que a hidrocefalia pediátrica pode impactar a 1 de cada 500 crianças. A hidrocefalia é uma doença crônica. Pode ser controlada, mas geralmente não tem cura. Com o tratamento precoce apropriado, no entanto, muitas pessoas com hidrocefalia levam uma vida normal com poucas limitações.

Comentários

Últimas notícias