BENEFÍCIO

Veja quem recebe a prorrogação do auxílio emergencial de R$ 300 nesta sexta (18)

A prorrogação do auxílio por mais quatro meses, com valor reduzido, foi anunciada em 1º de setembro, e os pagamentos tiveram início da última quinta-feira (17)

JC
JC
Publicado em 18/09/2020 às 7:23
Notícia

BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
O auxílio emergencial é pago pela Caixa Econômica Federal - FOTO: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM
Leitura:

A Caixa Econômica Federal (CEF) realiza mais um pagamento da prorrogação do auxílio emergencial, no valor de R$ 300, nesta sexta-feira (18). Desta vez, quem recebe é o grupo de beneficiários do Bolsa Família  com número NIS final 2, diretamente nas agências da Caixa em todo o país. 

A prorrogação do auxílio por mais quatro meses, com valor reduzido, foi anunciada em 1º de setembro, e os pagamentos tiveram início da última quinta-feira (17). Até o momento, apenas beneficiários do Bolsa Família inscritos no auxílio emergencial começaram a receber os R$ 300.  

 

>>CGU arma que Brasil pode ter perdido até R$ 4 bilhões por fraudes no auxílio emergencial

>>Auxílio emergencial chegou a 30,2 milhões de domicílios em julho, diz IBGE

 

VEJA CALENDÁRIO:

Os pagamentos para inscritos no auxílio emergencial que já recebem o Bolsa Família seguem o calendário do próprio benefício. A data de pagamento aos beneficiários do Bolsa Família é realizada de acordo com o Número de Identificação Social (NIS), diretamente nas agências da Caixa.

Tal grupo terminou de receber a quinta parcela em 31 de agosto. Agora, com a prorrogação do auxílio, este grupo recebe a sexta parcela agora, entre os dias 17 e 30 de setembro, de acordo com o calendário já pré-determinado pelo programa, veja abaixo:

NIS 1 - 17 de setembro 

NIS 2 - 18 de setembro - PAGAMENTO DE HOJE.

NIS 3 - 21 de setembro

NIS 4 - 22 de setembro

NIS 5 - 23 de setembro 

NIS 6 - 24 de setembro

NIS 7 - 25 de setembro

NIS 8 - 28 de setembro

NIS 9 - 29 de setembro

NIS 0 - 30 de setembro

 

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias