PROJETO EMPREENDER

Fotógrafa troca lentes pela gastronomia e faz sucesso com pratos típicos

Após demissão, Annaclarice Almeida montou seu próprio restaurante na garagem de casa e hoje fideliza clientes na Zona Norte do Recife

JC
JC
Publicado em 15/05/2021 às 13:19
Notícia
JAILTON JR/JC IMAGEM
Annaclarice deixou a fotografia de lado para se dedicar ao seu segundo amor, a gastronomia, que acabou virando fonte de renda - FOTO: JAILTON JR/JC IMAGEM
Leitura:

O que fazer quando se perde o emprego e não encontra vagas no mercado de trabalho? A saída é se reinventar! Quem apostou nesta ideia foi a fotógrafa Annaclarice Almeida, que, apesar de deixar as lentes de lado, encontrou na gastronomia a saída para empreender. Hoje, com 3 anos de atuação no segmento, ela construiu sua própria clientela com o restaurante regional Dona Fava, em Casa Amarela, Zona Norte do Recife.

“Após a demissão, passei uns 4 meses meio perdida, mas vi que eu precisava fazer alguma coisa, porque tenho dois filhos e precisava de uma renda. Além da fotografia, eu amo cozinhar. Mas não tinha dinheiro para investir. Aí peguei parte da garagem na casa de meu pai, uma mesa, três panelas e um fogão pequeno. E assim eu comecei a vender fava, dobradinha e feijoada e até hoje tem dado certo”, relembra.

Leia também: 

>>Grife pernambucana que começou com cinco costureiras hoje vende para todo o Brasil 

>>Empreendedora de Poção muda de vida produzindo e exportando renda renascença

>>Em Caruaru, empreendedora cria primeiro salão especializado em cabelos crespos e cacheados 

>>Garrafas pets viram ferramenta para gerar renda para mulheres em Brasília Teimosa

Com o tempo, Annaclarice foi expandindo e fidelizando clientes e viu que abrir o restaurante não era suficiente para se manter no mercado. Foi aí que ela inovou no cardápio e, depois de pesquisar, começou a ofertar novos produtos. “Comecei com aquele três pratos, mas depois coloquei vatapá, 'sururisco', que é sururu com marisco, sarapatel. Depois pesquisei o que acompanha esses pratos. Comecei a vender também pimentas em conserva, cachaças artesanais, palha italiana para sobremesa e o público tem gostado”, elenca.

Veja a reportagem completa:

Comentários

Últimas notícias