Meio Ambiente

COP26: Pernambuco firma convênio para usar tecnologia internacional para combater desmatamento ilegal no Estado

De acordo com a Timbeter, Pernambuco seria pioneiro nessa iniciativa, que utiliza tecnologia de ponta para medição de toras de madeira

JC
JC
Publicado em 08/11/2021 às 19:46
Divulgação / SEI
Paulo Câmara firma convênio com empresa internacional de tecnologia para combater desmatamento ilegal - FOTO: Divulgação / SEI
Leitura:

Após anunciar investimentos na ordem de R$ 75 milhões em reflorestamento, na preservação de mil nascentes de rios e no tratamento de resíduos sólidos de 43 municípios, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, firmou uma parceria com a empresa Timberter, da Escócia, para usar tecnologia no combate à extração ilegal de madeira no Estado. 

O convênio foi assinado com a CEO da Timbeter, Greta Tsahkna, nesta segunda-feira (8), durante a participação do governador na COP26, em Glasgow, na Escócia, na presença do ministro do Meio Ambiente da Estônia, Tonis Molder.

"A Timbeter vai se instalar no Porto Digital, no Recife, e vai disponibilizar um aplicativo que, de maneira muito prática, ajuda no combate à extração ilegal de madeira. Além dos avanços que a ferramenta tecnológica vai proporcionar, esse convênio vai gerar ainda mais empregos e oportunidades de renda em nosso Estado”, afirmou Paulo Câmara.

 De acordo com a Timbeter, Pernambuco seria pioneiro nessa iniciativa, que utiliza tecnologia de ponta para medição de toras de madeira, revolucionando a proteção ambiental. O projeto, já em fase de implantação, visa digitalizar toda a documentação fiscal.

A cooperação técnica permitirá ainda desenvolver mecanismos de identificação automática digital de espécies nativas dos biomas, fortalecendo o combate à exploração ilegal. A empresa de tecnologia florestal, com escritórios em todo o mundo, tem como objetivo erradicar a extração ilegal de madeira e melhorar o fornecimento do produto para compradores e vendedores, usando um algoritmo pioneiro.

CARBONO 

O governador Paulo Câmara também participou de uma palestra, promovida pela União Europeia e pela Associação Mundial de Governos Locais e Subnacionais dedicados ao desenvolvimento sustentável (ICLEI), sobre a redução da emissão dos gases de efeito estufa e a meta de neutralidade do carbono até 2050.

 “Muito importante termos a oportunidade de ampliar parcerias e mostrar o compromisso do nosso governador com a preservação ambiental”, observou o secretário estadual de Meio Ambiente e Sustentabilidade, José Bertotti, que acompanha as agendas do Governo de Pernambuco na COP26.

Comentários

Últimas notícias