FERIADÃO

Hotelaria vê 'Semana Santa normal' e espera ocupação pré-pandemia em Pernambuco

Principal destino, Agreste do Estado tem município com expectativa de ultrapassar 90% de ocupação dos leitos

Lucas Moraes
Cadastrado por
Lucas Moraes
Publicado em 13/04/2022 às 22:43
DIVULGAÇÃO
Pousada da paixão, em Nova Jerusalém, abre na próxima sexta (19/6) - FOTO: DIVULGAÇÃO
Leitura:

Com o retorno de encenações da Paixão de Cristo, com destaque para o espetáculo no município de Brejo da Madre de Deus, a expectativa da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no Estado (ABIH-PE) é de que esta Semana Santa consiga se equiparar aos resultados pré-pandemia, em 2019. O Agreste do Estado deve garantir a maior ocupação, segundo os dados levantados pela Unidade de Pesquisa da Empetur.

A expectativa é de ocupar 98% dos leitos disponíveis em Brejo da Madre de Deus, onde fica o distrito de Fazenda Nova, que sedia o teatro de Nova Jerusalém. Bezerros, ainda no Agreste, por sua vez, figura com 81%, seguido de Toritama 80%.

Em Gravatá, a ocupação prevista é de 76%, e em Garanhuns ela será de 72%. Seguido por Bonito (70%). "Vamos receber turistas de diversas partes do Brasil. O turismo religioso é um grande impulsionador de visitantes para o Estado nesta época, com destaque para a retomada da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém", comenta a secretária de Turismo e Lazer de Pernambuco, Milu Megale.

No Recife e em Olinda, a ocupação deve ficar em 45% e 67%, respectivamente. Para o presidente da ABIH-PE, Eduardo Cavalcanti, os números estão em linha com o que a associação tem visto junto às unidades hoteleiras do Estado e, caso se mantenham, representam uma 'normalidade para o período, retornando a patamares do pré-pandemia.

"As estimativas estão dentro do parâmetro. Em Gravatá, por exemplo, misturando dados de pousadas e hotéis de grande porte, chegamos a 85%, podendo ir até 90%. Nesse patamar, estamos numa 'Semana Santa normal', em linha com os números de 2019", afirma Cavalcanti.

Comentários

Últimas notícias