Pandemia

Seleção brasileira perderá vários jogadores por idade após adiamento da Olimpíada de Tóquio

COI acatou nesta terça-feira (24) sugestão do primeiro ministro do Japão para que evento poliesportivo seja adiado em um ano

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 24/03/2020 às 11:29
LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Paquetá foi convocado para o lugar de Coutinho. - FOTO: LUCAS FIGUEIREDO/CBF
Leitura:

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021 vai impactar diretamente a lista de convocados da seleção brasileira. Isso porque, no torneio masculino de futebol, o limite de idade é de 23 anos no ano de disputa do evento. Cada equipe também pode ter três atletas que extrapolem essa idade. Nesse novo cenário, o técnico da equipe olímpica, André Jardine, ficará impedido de contar com 11 dos 23 convocados no último dia 6 para amistosos preparatórios aos Jogos de Tóquio. Ambos adiados.

Lucas Paquetá (Milan) e Matheus Henrique (Grêmio) são exemplos de jogadores que, ao lado de outros oito, têm chances reduzidas de defender a seleção olímpica durante a Olimpíada de Tóquio. Todos fazem 24 anos em 2021, extrapolando, portanto, o limite de participação no torneio de futebol do evento poliesportivo. Gabriel Jesus não esteve na última lista de convocados por Jardine, mas é outro atleta que terá 24 anos no ano que vem.

>>Federação de ginástica dos Estados Unidos pedem adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio

>>Canadá avisa que não estará nos Jogos de Tóquio se evento não for adiado

>>Pesquisa aponta que maioria dos atletas olímpicos querem adiamento dos Jogos de Tóquio

Esses 11 atletas terão de enfrentar a concorrência com nomes como Neymar e o goleiro Alisson nas três vagas possíveis para atletas com mais de 23 anos. 

CONFIRA A ÚLTIMA LISTA DOS JOGADORES DA SELEÇÃO OLÍMPICA COM 24 ANOS EM 2021

Goleiros: Cleiton (Red Bull Bragantino) e Lucas Perri (São Paulo)

Zagueiros: Gabriel (Lille), Luiz Felipe (Lazio) e Lyanco (Torino)

Laterais: Caio Henrique (Grêmio) e Ayrton Lucas ((Spartak Moscou)

Meio-campistas: Lucas Paquetá (Milan), Matheus Henrique (Grêmio), Maicon (Shakthar Donetsk ) e Wendel (Sporting)

Comentários

Últimas notícias