REINO UNIDO

Estádio de final da Liga dos Campeões vira hospital contra o coronavírus

A casa da seleção do País de Gales contará com até 2 mil leitos para ajudar infectados pela doença. No Reino Unido mais de 17 mil pessoas testaram positivo e o número de mortos ultrapassa mil

JC
JC
Publicado em 28/03/2020 às 23:15
Notícia
Clint Budd/Wikipidia
Vista a cerca de 24 km ao norte de Swansea, País de Gales - Millennium Stadium & Cardiff Central - FOTO: Clint Budd/Wikipidia
Leitura:

O Millennium Stadium, ou Principality Stadium, será mais um estádio de futebol que vai auxiliar no combate ao novo coronavírus. A casa da seleção do País de Gales contará com até 2 mil leitos para ajudar infectados pela doença.

"Disponibilizamos todo o Principality Stadium para uso nos requisitos do Serviço Nacional de Saúde, incluindo áreas de hospitalidade e uma variedade de salas e instalações adicionais", disse Martyn Phillips, CEO da administradora do estádio.

"É um privilégio poder oferecer nossos serviços, instalações e um número significativo de pessoal operacional para ajudar neste momento de emergência nacional", complementa Phillips.

O Principality Stadium foi palco da final da Liga dos Campeões em 2017. Na ocasião, recebeu mais de 74 mil torcedores. Agora, poderá receber mais de 2 mil infectados pelo coronavírus. No Reino Unido mais de 17 mil pessoas testaram positivo e o número de mortos ultrapassa mil.

De acordo com a BBC, o príncipe Charles, do Reino Unido, está infectado com o novo coronavírus e apresenta sintomas leves da doença. O filho mais velho da rainha Elizabeth II, tem 71 anos e está em isolamento no castelo de Balmoral, na Escócia, propriedade da família real. Camilla Chand, esposa do príncipe, também realizou o exame para Covid-19 mas testou negativo.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, 55 anos, também testou positivo para covid-19. Em conta oficial no Twitter, nesta sexta-feira (27), o primeiro-ministro confirmou o teste. Em isolamento, Johnson afirmou que vai continuar a liderar os esforços contra a epidemia.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias