PANDEMIA

Uefa convoca reunião para debater novo calendário do futebol europeu

O debate englobará todas as competições, de clubes e de seleções, assim como o mercado de transferências e os contratos dos jogadores

AFP
AFP
Publicado em 30/03/2020 às 14:05
Notícia
AFP
Atualmente, a Uefa tem duas competições de clubes na temporada regular, a Liga dos Campeões e a Liga Europa - FOTO: AFP
Leitura:

A Uefa convocou as 55 federações-membro para uma reunião por videoconferência nesta quarta-feira (1º) para tratar "o progresso" na reprogramação dos campeonatos, atualmente suspensos devido à pandemia do coronavírus, anunciou a entidade nesta segunda-feira.

A reunião permitirá abordar "o progresso realizado pelos dois grupos de trabalho criados há duas semanas e debater opções que se vislumbram sobre a possível reprogramação dos jogos", escreveu a Uefa em comunicado.

O debate englobará todas as competições, de clubes e de seleções, assim como o mercado de transferências e os contratos dos jogadores.

Alguns contratos que terminam em 30 de junho prometem dificultar a vida dos clubes, que temem que a temporada não seja concluída até esta data e que não possam contar com alguns de seus jogadores.

ADIAMENTOS

Em 17 de março, a Uefa decidiu adiar a Eurocopa para o verão de 2021 e suspendeu todas suas competições de clubes "até nova ordem" diante da propagação do coronavírus.

A Liga dos Campeões e a Liga Europa foram interrompidas nas oitavas de final. A Champions feminina nas quartas.

O grupo de trabalho montado pela Uefa tem como objetivo estudar as soluções possíveis para permitir "a conclusão da temporada em andamento" e é formado por três membros da Uefa, três da Associação Europeia de Clubes (ECA), um da Associação Europeia de Ligas (European Leagues), um representante da Liga espanhola e um da Premier League inglesa.

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, não descartou que, para concluir a temporada, as competições europeias tenham que mudar seus formatos e jogar "de meados de maio até junho". Para jogos de mata-mata, a imprensa cogita a possibilidade de jogos únicos, e não mais os tradicionais duelos de ida e volta.

A Fifa também criou um grupo de trabalho com representantes das confederações para debater o calendário e as transferências de jogadores.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias