IMPROVISO

Bicampeão olímpico joga vôlei na sala de casa durante a quarentena

Giovane Gávio não resistiu a ausência das quadras e realizou movimentos de ataque e defesa com a filha Giulia em seu apartamento

Luana Ponsoni
Luana Ponsoni
Publicado em 09/04/2020 às 10:36
Notícia
Alexandre ArrudaCBV
Giovane Gávio é técnico da equipe sub-21 do Sesc/RJ - FOTO: Alexandre ArrudaCBV
Leitura:

O bicampeão olímpico Giovane Gávio (Barcelona-1992 e Atenas-2004) e atual técnico da equipe sub-21 masculina do Sesc/RJ deu um jeito de "driblar" a quarentena e matar um pouco a saudade do vôlei. Na sala de casa, ele aproveitou o talento da filha Giulia para a modalidade e realizou movimentos de ataque a defesa. Giovane fez uma cortada, enquanto a Giulia amorteceu a bola com uma manchete.

A filha de Giovane jogou vôlei nos Estados Unidos até o ano passado, enquanto fazia faculdade na Califórnia. "Domínio total, né, Giulia Gávio? Se não, Priscila Gávio briga com a gente. Bora jogar vôlei. Fique em casa, vôlei em qualquer lugar", escreveu Giovane no vídeo em que registra o momento, também citando a esposa Priscila.

>>Fórmula 1 pode começar na Europa sem presença de público

>>Chama Olímpica é retirada após Tóquio decretar estado de emergência

>>Etiene Medeiros reforça campanha de combate ao coronavírus:"Fique em casa"

QUARENTENA

Giovane está com a companheira, Giulia e os outros dois filhos Filipe e Thiago cumprindo a quarentena no Rio de Janeiro. Assim como todos os clubes desportivos do País, o Sesc/RJ suspendeu as atividades do voleibol em razão do surto de coronavirus. Os campeonatos de vôlei também estão interrompidos.

Comentários

Últimas notícias