fórmula 1

Juntas, Red Bull e Renault produzem respiradores para ajudar no combate ao coronavírus

As equipes de Fórmula 1 se uniram para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus com a produção de respiradores

Gabriela Máxima
Gabriela Máxima
Publicado em 05/05/2020 às 9:49
AFP
Renault e Red Bull ajudam na produção de respiradores - FOTO: AFP
Leitura:

As equipes Red Bull e Renaut se reuniram para ajudar no combate à pandemia do coronavírus enquanto o Mundial de Fórmula 1 continua suspenso. Os times lançaram o Projeto Pitlane para produzir respiradores que serão doados para o Sistema de Saúde do Reino Unido (National Health Service, NHS sigla em inglês).

"Essa ação diz muito sobre a Fórmula 1. Nós conversamos no início na crise com o governo e procuramos outras equipes para ajudar. A parceria foi firmada com a Renault para liderar uma parte do projeto", disse o chefe da Red Bull Christian Horner.

A Fórmula 1 já suspendeu 10 Grandes Prêmios por conta da pandemia do coronavírus. A previsão da Federação Internacional de Automobilismo (Fia) é promover a prova de abertura em julho, na Áustria, nos dias 3 e 5 do mês. O planejamento prevê as corridas na Europa entre julho, agosto e setembro. A proposta é realizar os GPs sem a presença do público. 

Comentários

Últimas notícias