futebol

Olympique de Marselha renova com técnico de olho na Liga dos Campeões

O futuro do treinador português André Villas-Boas estava indefinido desde a saída do diretor esportivo Andoni Zubizarreta

JC
JC
Publicado em 26/05/2020 às 7:03
Notícia
AFP
Técnico português André Villas-Boas levou o OM ao segundo lugar no campeonato francês este ano - FOTO: AFP
Leitura:

O técnico português do Olympique de Marselha, André Villas-Boas, continuará na próxima temporada no comando do clube francês, que retornará à Liga dos Campeões, confirmou a entidade nesta segunda-feira.

"Após várias discussões nos últimos dias com Frank McCourt (dono do clube) e Jacques-Henri Eyraud (presidente da entidade), André Villas-Boas confirmou efetivamente que deseja continuar sua parceria com o OM na próxima temporada", disse à AFP uma fonte do clube, confirmando informações do jornal L'Équipe e da emissora RMC.

O futuro do treinador português na equipe francesa era desconhecido, especialmente depois que o espanhol Andoni Zubizarreta anunciou em 14 de maio que ele havia deixado o cargo de diretor esportivo do Marselha um ano antes do término de seu contrato.

Saída de Zubi

Em meio à revolta dos torcedores do clube, que adoravam 'Zubi', o clube propôs a Villas-Boas uma renovação de contrato de dois anos, além de um terceiro opcional.

 

Zubizarreta foi fundamental para a chegada de Villas-Boas ao banco do OM na última temporada, em que o time terminou em segundo no campeonato, que foi cancelado após a suspensão em meados de março devido à pandemia de coronavírus.

Em janeiro passado, após a chegada ao clube do inglês Paul Aldridge como assessor, uma posição que poderia ser interpretada como interferência no trabalho do espanhol, Villas-Boas havia vinculado seu futuro ao de Zubizarreta,

Durante a suspensão do campeonato francês por conta da pandemia do novo coronavírus, todos os funcionários do Olympique de Marselha, da primeira divisão francesa, incluindo os jogadores, passaram para o "desemprego parcial", o equivalente a um expediente de regulamentação de emprego temporal, para economizar parte dos salários.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias