fórmula 1

Pietro Fittipaldi substituirá Grosjean no GP de Sakhir de Fórmula 1

O neto de Emerson Fittipaldi tem 24 anos e será o 31º piloto brasileiro a disputar um GP de Fórmula 1

JC
JC
Publicado em 30/11/2020 às 9:14
Notícia

REPRODUÇÃO/TWITTER
Pietro Fittipaldi vai substituir Grosjean na Haas - FOTO: REPRODUÇÃO/TWITTER
Leitura:

O Brasil enfim voltará a ter um piloto no grid de largada da Fórmula 1. Nesta segunda-feira, a Haas confirmou que Pietro Fittipaldi vai substituir o francês Romain Grosjean no GP de Sakhir, disputado no mesmo circuito do Bahrein que recebeu a prova do último domingo.

Será a estreia do neto de Emerson Fittipaldi na principal categoria do automobilismo mundial. Pietro, de 24 anos, atua como piloto reserva do time norte-americano há duas temporadas. Ao alinhar no grid, no próximo domingo, ele se tornará o 31º brasileiro a disputar um GP de F-1 na história, repetindo os feitos do avô e dos tios Wilson e Christian Fittipaldi. Até então, Pietro só havia participado de treinos livres com a Haas.

O brasileiro foi convocado após o acidente grave sofrido por Grosjean no último domingo. O piloto francês está se recuperando de queimaduras nas mãos. A Haas, então, decidiu deixar Grosjean fora da próxima corrida. "Decidimos que o melhor para Romain era deixá-lo fora de ao menos uma corrida. A decisão de colocar Pietro no carro foi muito fácil", afirmou Günther Steiner, chefe da Haas.

"Ele tem familiaridade conosco e com o carro, está com a equipe há duas temporadas, como piloto reserva e de testes. Foi a decisão certa a tomar e, obviamente, será uma boa oportunidade para ele. Ele tem sido paciente e sempre esteve preparado para esta oportunidade, que agora chegou. É por isso que queremos ele no carro. Tenho certeza de que fará um bom trabalho", disse o dirigente do time americano.

Brasileiro na pista

O Brasil não tem um piloto na pista da F-1 desde o fim de 2017, quando Felipe Massa defendeu a Williams no GP de Abu Dabi. Desde então, Pietro e Sergio Sette Câmara, atual piloto reserva e de testes da Red Bull e AlphaTauri.

Dependendo da recuperação de Grosjean, Pietro poderá disputar também a última corrida da temporada, em Abu Dabi, no dia 13 de dezembro. Em comunicado, o brasileiro admitiu que "não era a situação ideal" para ganhar esta chance. "Será empolgante fazer minha estreia em uma corrida na F-1. Vou dar tudo o que posso e já estou ansioso para o primeiro treino livre, na sexta-feira", disse o brasileiro.

A oportunidade vem em boa hora para o neto de Emerson porque tanto Grosjean quanto o dinamarquês Kevin Magnussen, o outro titular da Haas, não vão permanecer na Haas em 2021. Os mais cotados para ocupar estas vagas são Mick Schumacher, filho do heptacampeão Michael Schumacher, e Nikita Mazepin.

Comentários

Últimas notícias