RETORNO DE PÚBLICO

FPF diz que tecnologia para público nos estádios só será usada quando Governo de Pernambuco liberar

A tecnologia é para confirmar via QR Code que aquela pessoa está vacinada e pode entrar no estádio

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 07/04/2021 às 17:46
Notícia
LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
Informação foi confirmada em rápido contato ao JC. - FOTO: LEO MOTTA/ACERVO JC IMAGEM
Leitura:

O presidente da Federação Pernambucana de Futebol, Evandro Carvalho, explicou como seria essa tecnologia para a volta do público aos estádios em meio à pandemia do novo coronavírus. Em contato com a reportagem do Jornal do Commercio, o mandatário afirmou que não seria para ser utilizada agora, mas sim quando o Governo de Pernambuco autorizar o retorno dos torcedores às arquibancadas, o que ainda não tem previsão de acontecer, uma vez que os casos e mortes da covid-19 estão em alta. Nessa terça-feira, por exemplo, o Brasil registrou 4195 vítimas do novo coronavírus.

Também nessa terça-feira, em audiência pública na Comissão de Esporte e Lazer da Assembleia Legislativa de Pernambuco, o mandatário afirmou que a FPF teria recebido o aval da CBF para utilizar essa tecnologia. Além disso, Evandro Carvalho disse que já iria procurar o secretario de saúde André Logo, numa tentativa de já viabilizar o retorno do público aos estádios nesta quarta-feira, no duelo entre Afogados x Sport, pelo Campeonato Pernambucano.

Evandro fala sobre o tema a partir de 1h47m. Veja o vídeo

No entanto, após esse discurso nessa terça-feira, Evandro mudou o tom e afirmou que não seria para usar de imediato, mas sim para quando o Governo do Estado autorizar a utilização da tecnologia.

"Nós temos um projeto e a tecnologia que já fizemos há mais de um ano. O Brasil é o primeiro país da América Latina e Pernambuco é o primeiro estado que tem um convenio com empresas que não são do Brasil e já têm a tecnologia. E nós disponibilizamos para o Estado decidir quando usar. Se vai querer num jogo, num teatro... se só vai entrar no teatro quem estiver com vacina, enfim. A gente tem a tecnologia, o convenio, a estrutura e o equipamento, mas só vamos usar se o Estado quiser. Sugeri que a gente fizesse o experimento em algum jogo de futebol, mas é uma decisão do Governo do Estado, não tem nada a ver com a CBF. O investimento é da FPF e estamos disponibilizando, sem custos, para o Estado", afirmou.

Ainda de acordo com Evandro Carvalho, a entrada dos torcedores nos estádios será condicionada ao fato deles estarem vacinados. Para a verificação acontecer na porta do estádio, a tecnologia utilizada seria via QR Code do celular, onde confirmava a vacinação daquela pessoa. Esta, aliás, seria a forma que a FPF iria sugerir para a partida entre Brasil x Argentina, duelo pelas eliminatórias e que seria na Arena de Pernambuco, mas foi adiado por conta da alta da covid-19.

Esta tecnologia, aliás, é um modelo espelhado em eventos que já aconteceram em outros países, mas naturalmente com a queda de casos e mortes da covid-19, o que não está acontecendo aqui no Brasil. Para piorar, outra situação é de que Pernambuco está entre os estados que menos vacinaram no país.

Comentários

Últimas notícias