OLIMPÍADA

Simone Biles desiste de mais duas finais da ginástica; Rebeca Andrade aumenta chance de faturar outra medalha

A norte-americana Simone Biles não vai disputar as finais do salto e das barras assimétricas da ginástica artística marcadas para o próximo domingo (1º/8) nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Marcos Leandro
Marcos Leandro
Publicado em 30/07/2021 às 23:14
Notícia
LOIC VENANCE / AFP
"Tenho que fazer o que é bom para mim e me concentrar na minha saúde mental" - FOTO: LOIC VENANCE / AFP
Leitura:

A norte-americana Simone Biles não vai disputar as finais do salto e das barras assimétricas da ginástica artística marcadas para o próximo domingo (1º/8) nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Maior estrela da competição, ela alegou que não está bem mentalmente e já tinha abandonado as finais por equipes e não disputou as finais do individual geral.

"Questão da saúde mental há muito tempo tem sido subestimada", diz psicóloga sobre drama de Simone Biles

Adriano Imperador posta mensagem de apoio para Simone Biles: "Passei por isso e até hoje sou questionado"

A notícia foi divulgada pelo Comitê de Ginástica dos Estados Unidos nas redes sociais. No mesmo post, ainda foi dito que Biles vai analisar se participará das finais da trave e do solo, terça e quarta-feira. "Continuamos maravilhados com Simone, que continua a lidar com esta situação com coragem e graça, e com todos os atletas que se destacaram durante circunstâncias inesperada com essas", diz a parte final do comunicado.

Com quatro medalhas olímpicas de ouro, além de um bronze, todas conquistadas em sua primeira Olimpíada, no Rio de Janeiro, a jovem ginasta relatou que vem sofrendo com problemas emocionais gerados pela pressão vivida por ela dentro do esporte. O caso veio à tona quando ela abandonou a disputa por equipes após um resultado abaixo do seu padrão.

REBECA 

A desistência de Simone Biles da final do salto aumenta a chance da brasileira Rebeca Andrade ganhar mais uma medalha. Ela está classificada para a prova. Rebeca ganhou a prata no individual geral na última quinta-feira (29).  

Veja a apresentação que deu a medalha de prata para Rebeca Andrade

Rebeca brilhou na final individual geral e conquistou a medalha de prata para o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Foi a primeira medalha brasileira na modalidade nesta Olimpíada. A ginasta também se tornou a primeira brasileira da história, na categoria feminina, a ser medalhista olímpica.

Comentários

Últimas notícias