OLIMPÍADA

Adversário do Brasil no vôlei, Comitê Russo tem duas jogadoras entre as cinco melhores pontuadoras de Tóquio-2020

A seleção brasileira feminina de vôlei irá encarar as russas na manhã desta quarta-feira (4)

Túlio Feitosa
Túlio Feitosa
Publicado em 04/08/2021 às 4:55
Notícia
YURI CORTEZ / AFP
Nataliya Goncharova é a principal pontuadora da seleção de vôlei do Comitê Olímpico Russo nos Jogos de Tóquio-2020 - FOTO: YURI CORTEZ / AFP
Leitura:

Adversária do Brasil desta quarta-feira (4), nas quartas de final do vôlei feminino, o Comitê Olímpico Russo (ROC) é uma das fortes candidatas ao ouro dos Jogos Olímpicos de Tóquio e promete ser um dos jogos mais difíceis que as brasileiras irão ter na busca pelo pódio. Entre as responsáveis pela força da equipe russa, estão Nataliya Goncharova e Arina Fedorovtseva, que estão entre as cinco que mais pontuaram nessa Olimpíada. O jogo está marcado para as 9h30 no horário de Brasília.

Responsável por 94 pontos russos até aqui, Goncharova é o principal destaque do Comitê Russo nos Jogos de Tóquio e é a quarta que mais pontuou. Fedorovtseva, que tem apenas 17 anos, foi responsável por 82 pontos russos e também é a que mais fez pontos em saque (12 no total).

A melhor pontuadora do Brasil é Fernanda Garay, que está na sétima colocação da lista de melhores pontuadores de Tóquio. A brasileira foi responsável por 78 pontos da seleção. O fato do Brasil ter vencido vários jogos sem precisar jogar mais que quatro sets também contribuiu para que a ponteira brasileira não estivesse mais acima na "artilharia".

TOP 3 PONTUADORAS

No topo da lista das melhores pontuadoras dos Jogos de Tóquio-2020, a sérvia Tijana Bokovic liderou o ranking desde o início da competição. A atleta foi responsável por 116 pontos da seleção da Sérvia, que equivale a mais de quatro sets completos. Bokovic é tão fundamental no ataque sérvio que a segunda maior pontuadora da seleção, Milena Rasic, tem 42 pontos marcados, 74 pontos a menos que a colega de equipe.

Em segundo está a sul-coreana Kim Yeon-koung, que faz uma bela campanha em Tóquio e é responsável por 115 pontos, sendo a principal atacante da Coreia do Sul. Já na terceira colocação, está a italiana Paola Egonu, adversária da sérvia nas quartas de final. Paola marcou 110 pontos nessa Olimpíada.

Goncharova Nataliya

Comentários

Últimas notícias