Memória

Memória: relembre a vitória do Náutico por 1x0 diante do Corinthians na voz de Adilson Couto

Partida foi válida pelo Campeonato Brasileiro de 2007

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 23/03/2020 às 14:34
Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Jogo está marcado na memória do torcedor alvirrubro - FOTO: Foto: Brenda Alcântara/JC Imagem
Leitura:

Com a pandemia do novo coronavírus afetando o mundo inteiro, ainda não se sabe quando o futebol vai voltar à normalidade. E, durante este período, nada melhor como relembrar alguns jogos marcantes do futebol pernambucano. O escolhido desta segunda-feira é a vitória do Náutico por 1x0 diante do Corinthians, em uma partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2007. Com gol do meia Geraldo, o Timbu venceu a equipe paulista na rodada de número 32 daquele ano.

O JOGO

O primeiro tempo da partida foi bem sonolento e só foi ter grandes chances para os dois times no final da etapa inicial. Aos 39, o atacante Marcelinho fez jogada individual e soltou a bomba de fora da área e por pouco não abriu o placar para o Timbu. E a resposta do Corinthians foi imediata. Isso porque o lateral-direito Fábio Ferreira recebeu bom passe, travou com a zaga alvirrubra e, na sobra, finalizou para a defesa do goleiro Fabiano.

E o Náutico respondeu um minuto depois. A bola sobrou para o atacante Felipe e ele soltou uma bomba, obrigando o goleiro do Corinthians - que também se chama Felipe - a operar um milagre. O primeiro tempo termino 0x0 e essas foram as melhores chances das equipes durante os 45 minutos iniciais.

LEIA MAIS

Coronavírus: Clubes apresentam proposta para período sem futebol, mas jogadores não devem aceitar corte financeiro

Presidente do Grêmio é diagnosticado com coronavírus

Com reapresentação adiada, jogadores do Náutico intensificam treinos em casa

SEGUNDO TEMPO

Com 0 0x0 no placar, as equipes voltaram mais ligadas para a etapa final. Logo no primeiro minuto, o lateral-esquerdo Gustavo Nery, que neste jogo estava atuando como meia, soltou uma bomba que só não entrou porque bateu na zaga alvirrubra. Aos quatro minutos, Bruno Bonfim cruzou rasteiro e o zagueiro Vagner evitou o gol do Corinthians. Mas o Náutico respondeu imediatamente. Aos cinco, Sidny cobrou falta e Felipe fez ótima defesa.

E a pressão do Náutico continuou. Aos 9, Júlio César e Serginho ficaram cara a cara com o goleiro Felipe, mas não conseguiram superar o arqueiro do Corinthians, que novamente fez milagres para evitar que o Timbu abrisse o placar. E aos 13, o camisa 1 do Timão evitou que a cabeçada de Serginho fosse para o gol. Após minutos de pressão, a equipe paulista respondeu com Fábio Ferreira, que mais uma vez parou nas mãos de Fabiano.

Os minutos foram passando e as chances reais de gol diminuindo. E quando o 0x0 parecia certo, aos 43 da etapa final vem o momento de festa para a torcida alvirrubra. Isso porque o meia Ailton cometeu pênalti ao empurrar o zagueiro Vagner na área. Quem pegou a bola para bater a cobrança foi o meia Geraldo. E ele não desperdiçou. O camisa 10 bateu com categoria e ao mesmo tempo que abriu, também encerrou o marcador da partida: 1x0 Náutico.

OUÇA O GOL NA VOZ DE ADILSON COUTO

Comentários

Últimas notícias