POSSÍVEIS REFORÇOS

Sem revelar nomes, técnico diz que Náutico está próximo de acerto com zagueiro e meia

Hélio dos Anjos elencou as carências no elenco alvirrubro e destacou as posições prioritárias para incrementar o grupo

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 25/02/2021 às 16:35
Notícia

ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Hélio dos Anjos, técnico do Náutico - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

Prestes a começar oficialmente a temporada 2021, o Náutico ainda possui algumas carências no elenco que vai estrear no Campeonato Pernambucano diante do Central, neste sábado (27), às 19h, nos Aflitos. Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o técnico Hélios dos Anjos reconheceu as deficiências da sua equipe e elencou que entre as prioridades para incrementar o grupo neste início de ano estão um zagueiro e um meia, que estão próximos de ser anunciados, além de um lateral-esquerdo e mais um atacante. Na ala esquerda, inclusive, o Timbu não conta com nenhuma opção, já que Kevyn conseguiu a rescisão contratual após acionar o clube na Justiça do Trabalho.

"O meia vai chegar. É o que está mais próximo de chegar. Vai acontecer brevemente. Nós vamos ter mais um zagueiro, está nos acertos finais a nível de direção. Acredito que o mais breve possível deve chegar. Um zagueiro, um lateral-esquerdo, um meia e mais um atacante é o que nós pensamos. Nós temos no sistema ofensivo alguns jogadores da base que a gente pensa muito nesse tipo de aproveitamento", afirmou.

Questionado sobre a possibilidade de contratar um centroavante reserva para fazer sombra à Kieza, Hélio dos Anjos explicou que tem trabalhado outro atleta do próprio elenco nesta função. "Particularmente estou trabalhando com o Álvaro como centroavante. Ontem (quarta-feira) mesmo ele desenvolveu boa parte do trabalho tático como centroavante. Estamos agilizando o tempo de jogo dele devido a inatividade. Então começa a cobrir esse setor juntamente com o Kieza. Acredito que o clube trabalha muito dentro de um orçamento e eu respeito esse orçamento, mas acima de tudo eu mostro para o clube aquilo que naturalmente é necessário", detalhou.

 

As posições citadas pelo treinador como mais carentes no momento apresentam, de fato, insuficiência em relação ao número de atletas. Na zaga, por exemplo, Hélio dos Anjos conta apenas com Ronaldo Alves, Camutanga e Carlão, além de Dênis, que subiu da base para treinar com o elenco principal nesta temporada. Já na lateral-esquerda o Timbu não tem nenhum atleta de ofício à disposição. No meio, Jean Carlos é a referência técnica do time, com Juninho Carpina como uma joia a ser lapidada. Ou seja, apenas duas opções no setor de armação alvirrubro. Já o ataque conta com Vinicius, Erick, Matheus Carvalho e Giovanny atuando nas pontas, enquanto Kieza e Álvaro devem jogar como centroavante.

OUÇA A ENTREVISTA COMPLETA:

De acordo com o técnico Hélio dos Anjos, novas saídas não estão descartadas, já que as negociações abrem espaço no orçamento que proporciona a possibilidade de fazer uma revitalização no elenco em busca dos principais objetivos na temporada. "Alguns desses jogadores que estão no elenco tem probabilidade muito grande de sair também. Acredito que a saída de um ou outro, que é natural, como foi agora a do Ruy que já saiu com um negócio encaixado, é muito importante para revitalizar o grupo e criar mais competitividade dentro desses jogadores. O Náutico está com o pensamento voltado para a conquista do Campeonato Pernambucano, voltado para o acesso à primeira divisão, então o Náutico sabe também que tem que reforçar mais ainda esse grupo", destacou.

Comentários

Últimas notícias