Tricolor

"O importante é a saúde de todos", diz goleiro do Santa Cruz sobre paralisação

Goleiro também falou sobre as atividades durante este período de quarentena

Lucas Holanda
Lucas Holanda
Publicado em 01/04/2020 às 8:04
Notícia
LUCAS ROCHA/ RÁDIO JORNAL
Goleiro de 21 anos também lamentou a parada por conta do coronavírus, mas ressaltou que o momento é de cuidar da saúde de todos - FOTO: LUCAS ROCHA/ RÁDIO JORNAL
Leitura:

Xodó da torcida do Santa Cruz em 2020, o goleiro Maycon Cleiton é um dos grandes destaques da temporada tricolor - talvez o maior. Mesmo aos 21 anos, o arqueiro conseguiu virar protagonista da equipe coral. Em entrevista ao repórter João Victor Amorim, da Rádio Jornal, o atleta falou sobre esse período de paralisação por tempo indeterminado por conta do coronavírus e comentou como estava se adaptando à rotina de treinos em casa. Ele conta que é difícil, mas ressalta: o importante é a saúde de todos.

"É bem difícil para a gente que é goleiro, até porque tem sempre que manter contato com a bola treinando, mas faço como posso. Estou em casa e trabalho da melhor forma para não parar muito. Ainda não se sabe quando volta. Está marcado para o dia 14, mas não sabemos certinho por conta do coronavírus. Mas é torcer para voltar logo e trabalhar da maneira adequada", comentou.

Antes da paralisação geral, o Santa Cruz era o líder isolado do Campeonato Estadual e tinha boas chances de se classificar na Copa do Nordeste, mesmo não dependendo de si mesmo na última rodada. E o goleiro tricolor lamentou o fato de parar por conta de uma pandemia, mas ressaltou que o mais importante é a saúde de todos.

"Por se tratar do coronavírus, fico chateado com essa parada. O grupo também vinha bem, mas sabemos da importância de parar. O importante é desejar a saúde de todos", disse o goleiro coral.

LEIA MAIS

Com férias dadas aos atletas, clubes de futebol vivem momento de incerteza pelo coronavírus

 

Por causa de apoio ao Golpe Militar no Brasil, líder do Intervenção Popular Coral é afastado do grupo de torcedores do Santa Cruz

 

'Não me vejo saindo do Santa Cruz agora', garante goleiro

 

ATIVIDADES DURANTE ESTE PERÍODO

Durante este período de paralisação, o goleiro tricolor aproveitou para retornar ao Mato Grosso, sua terra natal. De acordo com ele, a casa tem um bom espaço para ele ir treinando, "Estou em casa e de quarentena com a família. Esposa, filho, mãe e pai. Estamos de quarentena porque cuidar da saúde é uma coisa importante. Não só da minha, mas de todas as pessoas que estão ao nosso redor. Estou no Mato Grosso para ficar em casa e ter um espaço ainda maior para treinar", comentou o arqueiro coral.

E durante este período, como vem sendo as atividades de Maycon Cleiton? De acordo com ele, o diálogo entre atleta e comissão técnica vem sendo fundamental para os treinos. "Passam tudo para a gente. Gamarra (preparador físico) passou cartilha de treinamento. Renato, preparador de goleiro, também passou atividades. Eles passaram o que tinha que ser feito. Converso com Renato diariamente para alinhar tudo certinho e fazer tudo o que tem de fazer, encaixando tudo o que eles vem pedindo", finalizou o goleiro do Santa Cruz.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias