série c

Chiquinho destaca que Santa Cruz não pode relaxar na Série C

Santa Cruz se prepara para enfrentar a Jacuipense na próxima segunda-feira, pela 17ª rodada da primeira fase da Série C

JC
JC
Publicado em 25/11/2020 às 9:42
Notícia

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Chiquinho comemora um de seus gols no Santa Cruz - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Recuperado de covid-19, o meia do Santa Cruz Chiquinho foi o autor do gol tricolor na derrota por 2x1 diante do Manaus e já planeja o próximo jogo contra a Jacuipense na segunda-feira (30), pela 17ª rodada da primeira fase da Série C. O Tricolor já está classificado, mas Chiquinho garante que as duas partidas que faltam até o início segunda fase são fundamentais para a equipe melhorar em busca do acesso à Série B. 

O meia pregou concentração e explicou que a derrota por 2x1 não prejudica a equipe. O revés é apenas  motivo de lição. "Não é porque a gente perdeu que está tudo errado. A gente tem que tirar as coisas boas e as coisas ruins para poder melhorar nesse próximo jogo. Professor já está vendo alguns detalhes do próximo jogo, mas também paramos para assistir e ver o que a gente fez de errado para que a gente não erre mais. Temos mais dois jogos para começar a reta final, mas temos que melhorar sempre, buscar nosso melhor e na reta final estar 100% e fazer nossos melhores jogos", falou o atleta.

Sobre a próxima fase, ele disse que a equipe está consciente da missão e com os pés no chão no sentido de respeitar o processo. Isso porque o Santa Cruz é líder e já tem vaga na próxima fase, mas o objetivo maior, o sonhado acesso à Série C, ainda não foi alcançado.

"Nós estamos bem conscientes do que devemos fazer. A dedicação sempre o máximo e não vai ser diferente nesses dois jogos. Sabendo que estamos classificados para a próxima fase não podemos relaxar. Temos que concentrar mais ainda, manter os pés no chão porque não ganhamos nada ainda. Conseguimos a classificação, mas temos um objetivo maior que é o acesso", concluiu.

Treino e retorno 100% 

Chiquinho desfalcou o Santa Cruz por conta do diagnóstico de covid-19. Voltou ao time contra o Manaus e marcou o gol tricolor na derrota por 2x1. Agora, ele treina para melhorar seu condicionamento físico após o período de isolamento e ficar estar à disposição do treinador Martelotte.

"Sinto um pouco ainda no ritmo de treinamento. Treinei pouco, treinei dois dias, na quinta e na sexta e fui direto para o jogo (contra o Manaus). Espero que esses dias que tenho para treinar voltar minha forma física, meu ritmo de jogo. Tenho uma semana para treinar. Até segunda-feira para que eu possa estar à disposição do professor para que eu comece jogando e ajudando o Santa Cruz", falou. 

Comentários

Últimas notícias