GESTÃO

Joaquim Bezerra explica como vai funcionar estrutura administrativa do Santa Cruz

Gestão será composta por um comitê gestor do futebol, duas diretorias operacionais, além do auxílio do Conselho de Administração

LOURENÇO GADÊLHA
LOURENÇO GADÊLHA
Publicado em 18/02/2021 às 17:03
Notícia

Yacy Ribeiro/JC Imagem
Presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra - FOTO: Yacy Ribeiro/JC Imagem
Leitura:

Presidente eleito do Santa Cruz, Joaquim Bezerra explicou como será a estrutura administrativa da nova diretoria que toma posse nesta quinta-feira (18) e será responsável por comandar o tricolor no próximo triênio (2021-2023). Em entrevista ao comentarista Ralph de Carvalho, da Rádio Jornal, o mandatário afirmou que a gestão será composta por um “comitê gestor estratégico do futebol”, presidido pelo próprio, que vai atuar em parceria com duas diretorias operacionais, responsáveis por fazer a execução dos trabalhos. Além disso, o Conselho de Administração do clube também atuará em conjunto com a direção pensando estratégias administrativas mais amplas, que vai além do futebol.

“Temos uma estrutura de futebol que precisa ter um comitê estratégico para tratar das linhas mestres do futebol. Quando se trata de contratação de jogadores, renovações, isso tem que ser tratado com as diretorias operacionais. Então esse comitê estratégico que a gente tem é para definir as linhas mestres, como as premiações de participação nas competições, quais são as metas que a gente precisa alcançar, se nós vamos trazer um técnico. Tudo isso o comitê tem que opinar e nós vamos escutar os profissionais do futebol do clube nessas diretorias operacionais”, explicou.

 

Neste contexto, o executivo de futebol, Nei Pandolfo, terá um papel importante no novo modelo de gestão que será implementado. “No comitê do futebol vamos ter pessoas que conhecem do futebol opinando. Ou seja, um comitê superior e abaixo as diretorias operacionais, que fará a execução dos trabalhos. Por isso, a manutenção do Nei Pandolfo nos dá uma tranquilidade, porque ele é um profissional de mercado, conhece o segmento e tem respaldado exatamente essa continuidade no trabalho, onde a gente precisa melhorá-lo”, disse Joaquim Bezerra, antes de revelar uma negociação com um ídolo coral para compor o núcleo administrativo. "Temos avançado conversas com Grafite, mas ele tem contrato com a emissora de televisão e está resolvendo qual a posição dele efetivamente", acrescentou.

 

Já o Conselho de Administração, que também será empossado nesta quinta-feira e contará com a presença de alguns ex-presidentes do Santa Cruz, terá uma função diferente do comitê gestor e das diretorias operacionais. “Tem um Conselho de Administração no clube, que vai pensar o Santa Cruz em toda sua amplitude. Fará parte desse conselho que vamos empossar hoje Jânio Diniz, que é presidente do Ser Educacional; Mirinda, que é um vice-presidente que entende muito de futebol e conhece de Santa Cruz; Jonas Alvarenga, que é um ex-presidente que conhece muito o Santa Cruz e o Adiel, que é um empresário no setor de terceirização. Essas pessoas farão parte do Conselho de Administração, pensando toda a estratégia do clube em conjunto”, finalizou.

Outros nomes também devem compor o Conselho de Administração, mas o mandatário preferiu torna-los público apenas na cerimônia de posse, que está marcada para acontecer nesta quinta-feira, às 20h, no Estádio do Arruda, com transmissão ao vivo nas redes sociais do clube.

Comentários

Últimas notícias