Leão

Ex-goleiro do Sport, Agenor aceita suspender acordo de dívida durante pandemia

O Sport tem quase R$ 200 milhões de dívidas acumuladas

Davi Saboya
Davi Saboya
Publicado em 25/06/2020 às 19:24
Notícia
DIVULGAÇÃO/SPORT
Agenor chegou ao Sport em 2016 e saiu no começo de 2018. - FOTO: DIVULGAÇÃO/SPORT
Leitura:

Vivendo grande crise financeira, o Sport recebeu uma boa notícia. Ex-goleiro rubro-negro, Agenor aceitou suspender o acordo de parcelamento da dívida milionária, que realizou com o Leão no começo deste ano, durante a pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada pelo Jornal do Commercio e Blog do Torcedor em rápido contato com o presidente Milton Bivar e o vice-presidente jurídico Manoel Veloso por meio de aplicativo de mensagens de texto.

Procurado pela reportagem, Agenor se mostrou compreensivo com a atual situação do Sport. "Momento complicado que estamos passando por causa deste vírus. Torcer pra que tudo isso passe o quanto antes e possamos ter nossa rotina normalizada", afirmou o goleiro.

LEIA MAIS

Relembre o que aconteceu no futebol pernambucano quando o Liverpool foi campeão inglês pela última vez

Para plantel, primeiros dias de treino do Sport têm sido produtivos

Responsabilidade extra por classificação no PE e NE é motivadora para o Sport

De acordo com informações apuradas, a dívida original do clube rubro-negro com Agenor chegava próximo de R$ 2 milhões. No entanto, a direção do Sport conseguiu um acordo por um valor mais baixo. As tratativas finais são guardadas em sigilo por ambas as partes. O débito com o goleiro era um das milionárias dívidas que o Leão tem na Câmara Nacional de Resolução e Disputa (CNRD), que é um órgão da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Aos 30 anos, Agenor defende atualmente o Criciúma. Pelo clube catarinense, ele disputou apenas duas partidas nesta temporada. No ano passado, o goleiro esteve no Fluminense, porém, também não realizou muitos jogos: apenas dez duelos. Antes, logo após sair do Sport, no começo de 2018, disputou 17 confrontos pelo Guarani. Com a camisa rubro-negra, chegou em 2016 e também disputou somente 17 partidas.

O jornalismo profissional precisa do seu suporte.

Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias