Pandemia

Itália ultrapassa os 4.000 mortos por coronavírus

627 mortes foram registradas em somente um dia

AFP
AFP
Publicado em 20/03/2020 às 18:18
Notícia
AFP
Enterro na Italia - FOTO: AFP
Leitura:

A Itália registrou 627 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas, informado nesta sexta-feira (20), um número recorde em um país que já tem um balanço de 4.000 mortos.

O número total de mortes é de 4.032, em 47.021 infectados. A Itália representa agora 36,6% de todas as mortes pelo vírus no planeta.

>> Metrô vai operar em horário reduzido por causa do coronavírus

>> Ciclofaixa de Turismo e Lazer no Recife é suspensa devido ao coronavírus

>> Apesar do Coronavírus, população continua socializando normalmente nas periferias do Grande Recife

A região da Lombardia, onde os hospitais estão lotados, continua pagando o preço mais alto, com mais 381 mortes (2.549 no total).

Foram detectados no país cerca de 6.000 novos casos, um número inédito.

A Itália tem mais de 66 mortos por um milhão de habitantes, uma proporção que chega a mais de 250 por milhão na Lombardia, principal zona econômica do país.

O governo italiano ordenou novas medidas restritivas de contenção para conter a disseminação do novo coronavírus.

O ministro da Saúde, Roberto Speranza, assinou um decreto para fechar parques, espaços verdes e jardins públicos de 21 a 24 de março em toda a Itália, uma medida já adotada por vários municípios antes.

Também proibiu esportes ao ar livre e atividades recreativas, permitindo que as pessoas se exercitem "individualmente, perto de sua própria casa e respeitando uma distância mínima de um metro de outras pessoas".

Governadores das regiões do norte da Itália, as mais ricas do país e as mais afetadas pela epidemia, pedem ainda mais encerramentos de atividades econômicas e o destacamento do exército para fazer cumprir as medidas.

>> Governo de Pernambuco vai fechar shoppings, bares, restaurantes e comércio de praia por conta do coronavírus

>> Coronavírus: Pernambuco vai fechar todo o comércio, serviços e construção civil a partir do próximo domingo (22)

"Infelizmente, ainda hoje os números não estão indo na direção certa, seja em termos de novas infecções ou mortes", que estão aumentando "significativamente", disse Attilio Fontana, governador da Lombardia, foco da epidemia na Itália.

Stefano Bonaccini, governador de Emília-Romanha, a segunda região mais afetada da Itália após a Lombardia, proibiu a maioria das atividades ao ar livre na quinta-feira.

Ouça o novo episódio do podcast O Fato É...

Pandemia

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou, no dia 11 de março de 2020, que a situação do novo coronavírus pode ser classificada como uma pandemia. Desde o final de dezembro de 2019 até essa quarta-feira (18), a entidade divulgou que mais de 190 mil pessoas foram infectadas pela doença. De acordo com o Ministério da Saúde, subiu para 428 o número de casos confirmados de coronavírus no Brasil. O número de mortes pela doença subiu para cinco. A quinta vítima é uma mulher de 63 anos. Ela era empregada doméstica e trabalhava no Rio de Janeiro.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).
  • Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Coronavírus pelo mundo

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

O jornalismo profissional precisa do seu suporte. Assine o JC e tenha acesso a conteúdos exclusivos, prestação de serviço, fiscalização efetiva do poder público e muito mais.

Apoie o JC

Comentários

Últimas notícias