OPINIÃO

André Longo: "Estamos cada vez mais próximos da vacina, mas o cuidado ainda é indispensável"

"Precisamos de um esforço a mais de cada um para que mais vidas não sejam sacrificadas. Não vamos deixar que um verão de descuido traga de volta os piores dias da Pandemia", diz o chefe da Saúde de Pernambuco

André Longo secretário de saúde de Pernambuco
André Longo
secretário de saúde de Pernambuco
Publicado em 13/01/2021 às 8:06
Artigo

ALUÍSIO MOREIRA/DIVULGAÇÃO
André Longo, secretário de saúde de Pernambuco - FOTO: ALUÍSIO MOREIRA/DIVULGAÇÃO
Leitura:

*André Longo, secretário de saúde de Pernambuco

Em junho, após passar pelo pico da Pandemia e graças à cooperação da população, Pernambuco iniciou um período de queda nos indicadores da Covid-19. Assim, o Governo do Estado começou o planejamento para retomada das atividades.

Executado com o máximo de segurança, considerando os dados, o risco sanitário e a vulnerabilidade dos setores, o Plano de Convivência com a Covid-19 obteve êxito e, em 3 de novembro, atingimos a última etapa com a estabilidade nos índices.

Mas o sucesso do Plano sempre esteve condicionado ao nosso comportamento e, no final de novembro, passamos a ter uma tendência de alta nos números. A Pandemia ainda não acabou, mas, infelizmente, muitas pessoas estão negligenciando os cuidados. As aglomerações e os descuidos, fatalmente, cobram seu preço, com aumento das hospitalizações e das mortes.



Para que as atividades econômicas e sociais continuem funcionando sem colocar vidas em risco, é preciso que todos sigam os protocolos, baseados no distanciamento físico, uso correto da máscara e lavagem das mãos - medidas comprovadamente eficazes.

É importante lembrar que o vírus pode ser silencioso e inofensivo para você, mas para alguém próximo pode ser fatal. E estamos cada vez mais próximos da vacina, que é o caminho para superação da Pandemia. Por isso, precisamos de um esforço a mais de cada um para que mais vidas não sejam sacrificadas. Não vamos deixar que um verão de descuido traga de volta os piores dias da Pandemia.

O Governo de Pernambuco, por determinação do governador Paulo Câmara, vai continuar trabalhando para garantir a assistência aos pacientes, fiscalizar o cumprimento dos protocolos e deixar a estrutura do Estado pronta para o início da vacinação. Mas, para superar a Pandemia de forma mais rápida e com menos tristeza, todos precisamos estar do mesmo lado. E, nesta batalha pela vida, nossa arma ainda é o cuidado.

Comentários

Últimas notícias