PREVENÇÃO

Metrô do Recife com limpeza reforçada para conter avanço do coronavírus

Todos os trens são limpos com álcool a 70% nas estações terminais

Katarina Moraes
Katarina Moraes
Publicado em 18/03/2020 às 11:07
Notícia
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - FOTO: BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Leitura:

Com o novo coronavírus, o perigo é eminente e a prevenção necessária, em todo lugar e a todo momento. Pensando em frear a propagação da covid-19, o Metrô do Recife reforçou a limpeza diária dos trens das linhas Centro e Sul, responsáveis por cobrir a região metropolitana, a partir desta quarta-feira (18) e sem tempo determinado para acabar.

As ações acontecem nas estações terminais Recife e Cajueiro Seco durante todo o dia, das 6h às 22h. Além disso, são feitas limpezas profundas nas partes internas e externas dos trens, entre as 6h e 17h, de segunda à sexta, e no sábado de 08h às 12h. Nas limpezas corretivas, feitas diariamente de 22h às 05h, são limpos os pisos, corrimão, bancos, vidros e cabines.

O reforço aconteceu nas limpezas corretivas. Agora, assim que os passageiros desocupam os vagões, 87 profissionais de limpeza trajando luvas, botas e máscaras se prontificam a desinfectar o transporte com o uso de detergente e álcool a 70%, importante aliado no combate ao vírus.

BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
BOBBY FABISAK/JC IMAGEM
Equipes de limpeza trabalham na higienização, nos vagões, do Metrô do Recife, para prevenir a disseminação do coronavírus. - BOBBY FABISAK/JC IMAGEM

Segundo a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), a limpeza aumentou 20% em comparação ao esquema regular, o que representa um reforço de mais 40 profissionais para a atividade de higienização. "A gente deu um incremento usando mais produto que ataca a covid-19, e também nessa limpeza entre viagens, que cuidava mais da questão de tirar lixo", explicou o gerente de comunicação da CBTU, Salvino Gomes. "Agora ela está focada totalmente em utilizar álcool a 70% e limpar todos os corrimãos dentro dos trens para dar a tranquilidade ao passageiro do Metrô do Recife".

Para o infectologista Filipe Prohaska, a ação é eficiente contra a propagação de vírus. “É uma medida muito boa que já foi feita na China, e anteriormente em São Paulo, contra o sarampo, e teve bons resultados. Essa limpeza que tem sido feita nos trens em época de pandemia tem um impacto muito positivo, porque as mãos são o principal veículo de contaminação”. No entanto, o alerta permanece. “Isso é para minimizar. Tem que fazer isso [higienização dos trens] somada à todas as políticas de isolamento que estão sendo feitas”.

Para algumas pessoas, entretanto, o isolamento não é possível. É o caso da autônoma Waleska Andrielle, que precisa se locomover por meio do transporte público para realizar suas vendas e está usando uma máscara cirúrgica para tentar conter a covid-19. "A gente que trabalha e tem que estar sempre usando o metrô tem que se prevenir dessa pandemia", disse.

Casos no Brasil e em Pernambuco

No Brasil, os casos confirmados do novo coronavírus já alcançam 291 pessoas, segundo balanço feito pelo Ministério da Saúde, nesta terça-feira (17), além de 1 caso de óbito. Já no mapa da Microsoft, são contabilizados 349 casos.  Em Pernambuco, quarto Estado com mais casos confirmados, o balanço feito pela Secretaria de Saúde, na última terça-feira, foi de 19 casos no Estado.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o mapa de casos

 

Comentários

Últimas notícias