COVID-19

Fernando de Noronha tem 9 novos casos suspeitos de coronavírus

De acordo com a administração, subiu para 22 o número de casos em investigação em Noronha

Amanda Rainheri
Amanda Rainheri
Publicado em 05/04/2020 às 16:42
Notícia
ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
PARQUE Liberação da pesca da sardinha foi assinada por Ricardo Salles - FOTO: ALEXANDRE GONDIM/JC IMAGEM
Leitura:

O Arquipélago de Fernando de Noronha registrou, nas últimas 24 horas, entre sábados (4) e domingo (5) nove novos casos suspeitos do novo coronavírus (covid-19). A informação é da Administração da ilha. Os casos suspeitos foram testados e as amostras já foram enviadas ao Recife. As pessoas possivelmente infectadas estão em isolamento domiciliar.

>> Técnica de enfermagem morre vítima de coronavírus; óbito de outra profissional está sob investigação

>> Sobe para 21 o número de mortos por coronavírus em Pernambuco

>> Brasil ainda tem falta de testes e insumos para enfrentar coronavírus

>> Guru de Bolsonaro, Olavo de Carvalho pede por saída de Mandetta no Ministério da Saúde

De acordo com a administração, subiu para 22 o número de casos em investigação em Noronha. Sete pessoas já receberam o diagnóstico de covid-19. Os pacientes confirmados são quatro mulheres e três homens, com idades entre 26 e 48 anos e estão em isolamento domiciliar, com quadro de saúde estável. Outros 23 casos já foram descartados para a doença.

A partir deste domingo (5), o desembarque em Fernando de Noronha está suspenso por 15 dias. O acesso ao aeroporto está limitado a pessoas que farão check-in para deixarem a ilha. A exceção é para funcionários, policiais, bombeiros e funcionários de vigilância em saúde. 

O acesso às praias esta proibido. As atividades turísticas e passeios de barco no Porto de São Lourenço também foram suspensas, de acordo com a administração da ilha. A recomendação é de isolamento social, seguindo o que preconiza a Organização Mundial da Saúde (OMS) para evitar a propagação do vírus.

Estabelecimentos comerciais também foram fechados em Fernando de Noronha. No arquipélago, assim como no continente, seguem abertos mercados, mercadinhos, farmácias e lojas de materiais de construção. 

Covid-19 no Estado

A Secretaria de Saúde de Pernambuco (SES-PE) confirmou neste domingo (5) mais sete mortes pela covid-19 no Estado. Com isso, Pernambuco totaliza 21 mortes em decorrência do coronavírus. Os novos óbitos são de quatro mulheres e três homens. Além das mortes, também foram registrados mais 25 casos da doença, subindo para 201 o número de pacientes infectados.

Os novos óbitos contabilizados pelo órgão aconteceram do dia 29 de março até esse sábado (4). No dia 29 de março, um homem, de 60 anos, do município de Olinda, no Grande Recife, faleceu em uma unidade de saúde privada no Recife.

Os casos confirmados estão distribuídos em 14 municípios de Pernambuco: Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Camaragibe, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, São Lourenço da Mata, Palmares, Belo Jardim, Caruaru, Petrolina, Ipubi, Goiana e Aliança, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência de pacientes de outros estados e países.

Assine a nova newsletter do JC e fique bem informado sobre o coronavírus

Todos os dias, de domingo a domingo, sempre às 20h, o Jornal do Commercio divulga uma nova newsletter diretamente para o seu e-mail sobre os assuntos mais atualizados do coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo. E como faço para receber? É simples. Os interessados podem assinar esta e outras newsletters através do link jc.com.br/newsletter ou no box localizado no final das matérias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

- Evitar contato próximo com pessoas doentes.

- Ficar em casa quando estiver doente.

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.

- Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

- Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos corretamente 

Comentários

Últimas notícias