insegurança

Simepe denuncia insegurança em policlínica de referência ao tratamento do coronavírus no Recife

Três médicas sofreram tentativa de assalto ao deixar a Policlínica Barros Lima, na Zona Norte do Recife

JC
JC
Publicado em 15/04/2020 às 19:26
Notícia
FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Convocação foi feita no Diário Oficial do Estado - FOTO: FELIPE RIBEIRO/JC IMAGEM
Leitura:

Três obstetras da Policlínica e Maternidade Barros Lima, em Casa Amarela, Zona Norte do Recife, sofreram tentativa de assalto à mão armada, nessa terça-feira (14), nas redondezas da unidade de saúde. Como no estacionamento da policlínica está montado um hospital de campanha para o combate ao coronavírus, os profissionais precisam estacionar em outro local e alegam ter ficado mais vulneráveis à investidas de criminosos.

>> Recife inaugura 35 novas vagas para pacientes com coronavírus; taxa de ocupação nos leitos de UTI é de 71%

>> Meta do Recife é ter 370 respiradores para pacientes graves da covid-19

>> Coronavírus: "Amanhecemos o dia com 15 vagas de UTI", diz secretário sobre a alta ocupação de leitos

>> Coronavírus: Recife é uma das 12 capitais em emergência por casos acima da média nacional

Segundo o secretário geral do Sindicato dos Médicos de Pernambuco  (Simepe), Tadeu Calheiros, o cenário se repete em outras unidades hospitalares do Recife. "Como o estacionamento das unidades tornaram-se hospitais de campanha, os profissionais precisam estacionar em outros lugares. Nesses locais já havia um alto índice de violência, mesmo antes do coronavírus. Por isso, mesmo que haja uma distância curta, os profissionais ficam mais expostos à violência", explica.

O secretário do Simepe aponta que é preciso investir na segurança e no policiamento durante as trocas de turnos. "Os profissionais já estão com medo do enfrentamento ao coronavírus, tendo jornadas cansativas e ainda passam por mais esse risco", acentua Calheiros.

Em reposta à denúncia do Simepe, a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife confirma que, com a criação de um hospital de campanha para pacientes com covid-19 na Policlínica Barros Lima, em Casa Amarela, foi necessário mudar o local do estacionamento dos carros. Mas ressalta que "já tomou medidas para garantir a segurança, com reforço da equipe de vigilância do local. Além disso, a partir desta quinta-feira (16), será disponibilizado o translado dos profissionais de saúde", diz a nota da secretaria.

ALEX OLIVEIRA/TV JORNAL
Estacionamento deu lugar à hospital de campanha contra covid-19 - ALEX OLIVEIRA/TV JORNAL

Já a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE) disse, em nota, que o policiamento no bairro de Casa Amarela é realizado pelo 11ºBPM que, independente do novo coronavírus, vem mantendo inalterada sua rotina, observando os decretos governamentais em vigor acerca da COVID-19. "A segurança é feita através de Guarnições Táticas de combate aos CVP (Crimes Violentos contra o Patrimônio), que atuam na região com o apoio de equipes do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) e do policiamento com motocicletas."

A nota ainda diz que a operação Comércio Seguro também intensifica a segurança do local. Segundo o comunicado, a denúncia sobre insegurança nos arredores da Barros Lima "foi encaminhada ao comandante do 11º BPM, que intensificará as rondas no setor". A corporação ratifica a importância do registro de ocorrências através do 190 e também na Delegacia da Polícia Civil para viabilizar ajustes na estratégia de segurança.

Casos de coronavírus em Pernambuco

Pernambuco divulgou nesta quarta-feira (15) mais 28 mortes e 200 casos do novo coronavírus confirmados laboratorialmente. O número de óbitos e de casos é o maior divulgado pela Secretaria de Saúde do Estado em 24 horas, desde o começo da pandemia. Agora, o Estado totaliza 143 óbitos e 1.484 infectados. Outras 69 pessoas foram curadas.

>> Pernambuco bate recorde diário com 28 mortes e 200 novos casos de coronavírus; Estado totaliza 143 óbitos e 1.484 infectados


Assine a nova newsletter do JC e fique bem informado sobre o coronavírus

Todos os dias, de domingo a domingo, sempre às 20h, o Jornal do Commercio divulga uma nova newsletter diretamente para o seu email sobre os assuntos mais atualizados do coronavírus em Pernambuco, no Brasil e no mundo. E como faço para receber? É simples. Os interessados podem assinar esta e outras newsletters através do link jc.com.br/newsletter ou no box localizado no final das matérias.

O que é coronavírus?

Coronavírus é uma família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus foi descoberto em 31/12/19 após casos registrados na China.Os primeiros coronavírus humanos foram isolados pela primeira vez em 1937. No entanto, foi em 1965 que o vírus foi descrito como coronavírus, em decorrência do perfil na microscopia, parecendo uma coroa.

A maioria das pessoas se infecta com os coronavírus comuns ao longo da vida, sendo as crianças pequenas mais propensas a se infectarem com o tipo mais comum do vírus. Os coronavírus mais comuns que infectam humanos são o alpha coronavírus 229E e NL63 e beta coronavírus OC43, HKU1.

Como prevenir o coronavírus?

O Ministério da Saúde orienta cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes.
  • Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com freqüência.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (mascára cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Para a realização de procedimentos que gerem aerossolização de secreções respiratórias como intubação, aspiração de vias aéreas ou indução de escarro, deverá ser utilizado precaução por aerossóis, com uso de máscara N95.

Confira o passo a passo de como lavar as mãos de forma adequada

 

 

ALEX OLIVEIRA/TV JORNAL
Estacionamento deu lugar a hospital de campanha contra covid-19 - FOTO:ALEX OLIVEIRA/TV JORNAL
DIVULGAÇÃO
O Giral é uma ONG que atua no município de Glória do Goitá - FOTO:DIVULGAÇÃO

Comentários

Últimas notícias